settings icon
share icon
Pergunta

A Bíblia defende casamentos arranjados?

Resposta


Um casamento “arranjado” é aquele realizado pelo consentimento dos pais da noiva e do noivo, muitas vezes sem levar em conta os desejos do casal de se casar. A Bíblia não diz que os pais devem arranjar casamentos, nem diz que não devem. No entanto, existem alguns casamentos arranjados na Bíblia, principalmente o casamento de Isaque e Rebeca.

Nesse caso, um servo de confiança foi enviado pelo pai de Isaque, Abraão, para encontrar uma noiva adequada de seu próprio povo, porque ele não queria que Isaque tomasse uma esposa dentre os cananeus pagãos (Gênesis 24). Vemos nas respostas de Rebeca que ela possuía muitos traços piedosos e era claramente a escolha de Deus para Isaque. Sem dúvida, nem todos os casamentos arranjados naqueles dias eram feitos de maneira tão piedosa e submissa.

A prática de casamentos arranjados continuou em muitas culturas, incluindo culturas ocidentais, até os anos 1900. Ainda hoje, em famílias ortodoxas judaicas, islâmicas e hindus, os casamentos arranjados são observados. A Bíblia é silenciosa sobre este assunto. No entanto, a Bíblia descreve o que um cônjuge piedoso deve ser. Para o cristão, o casamento, arranjado ou não, deve ser apenas com outra pessoa na fé. O relacionamento mais importante que qualquer um de nós possa ter é o nosso relacionamento pessoal com o Senhor Jesus Cristo. O cônjuge que escolhemos deve ser aquele que tem o seu foco em andar em obediência à Palavra de Deus e que procura viver para que a sua vida traga glória a Deus (1 Coríntios 10:31).

English



Voltar à página principal em português

A Bíblia defende casamentos arranjados?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries