GotQuestions.org > Português > Perguntas sobre salvação > caminho apertado

Por que Deus fez da salvação um caminho tão apertado?


Pergunta: "Por que Deus fez da salvação um caminho tão apertado?"

Resposta:
Em Mateus 7:13–14, Jesus disse: "Entrem pela porta estreita! Porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que conduz para a perdição, e são muitos os que entram por ela. Estreita é a porta e apertado é o caminho que conduz para a vida, e são poucos os que o encontram." Esta passagem faz com que alguns questionem a bondade de Deus. Afinal, se Ele realmente quer salvar a todos, por que não facilitou a salvação? Por que Ele simplesmente não deixa todos entrarem no céu?

Quando lemos a palavra apertado, temos a tendência de associá-la à seleção preconceituosa. Parece que Deus nos classificou em alguma escala de aceitabilidade e apenas permite que alguns poucos entrem em Sua presença. No entanto, alguns versículos anteriores, Jesus havia dito à mesma audiência: "Peçam e lhes será dado; busquem e acharão; batam, e a porta será aberta para vocês. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e, a quem bate, a porta será aberta" (Mateus 7:7–8). Jesus deixou claro: o caminho para a vida eterna está aberto a todos que pedem.

No entanto, a porta para o céu é "estreita" no sentido de ter um requisito particular de entrada — fé em Jesus Cristo. A salvação é encontrada apenas na Pessoa de Jesus Cristo; Ele é o único caminho (João 14:6). A porta "larga" não é exclusiva, pois permite o esforço humano e todas as outras religiões do mundo.

Jesus diz que a porta estreita leva a um caminho "difícil", um que nos levará a dificuldades e decisões difíceis. Seguir a Cristo requer que crucifiquemos a nossa carne (Gálatas 2:20; 5:24; Romanos 6:2), vivendo pela fé (Romanos 1:17; 2 Coríntios 5:7; Hebreus 10:38), suportando provações com paciência cristã (Tiago 1:2–3, 12; 1 Pedro 1:6) e vivendo um estilo de vida separado do mundo (Tiago 1:27; Romanos 12:1–2). Quando nos deparamos com a escolha entre um caminho estreito e esburacado e uma estrada larga e pavimentada, a maioria de nós escolhe a estrada mais fácil. A natureza humana gravita em direção ao conforto e ao prazer. Quando confrontados com a realidade de negarmos a nós mesmos para seguirmos a Jesus, a maioria das pessoas se afasta (João 6:66). Jesus nunca tentou esconder a verdade, e a verdade é que poucas pessoas estão dispostas a pagar o preço para segui-lo.

Deus oferece salvação a todos que a aceitam (João 1:12; 3:16-18; Romanos 10:9; 1 João 2:2) — mas apenas nos termos dEle. Nós devemos seguir o caminho que Ele providenciou. Não podemos criar nossos próprios caminhos ou nos aproximar de um Deus santo com base em nossos próprios esforços. Comparados à Sua justiça, somos todos imundos (Isaías 64:6; Romanos 3:10). Deus não pode simplesmente desculpar ou ignorar nosso pecado. Ele é misericordioso, mas também é justo. A justiça exige que o pecado seja pago. Com grande custo para Si mesmo, Ele pagou esse preço (Isaías 53:5; 1 João 3:1, 16; Salmo 51:7). Sem o sangue de Jesus cobrindo o nosso pecado, somos culpados diante do Deus que rejeitamos (Romanos 1:20).

O caminho para Deus estava completamente fechado, e o pecado era o obstáculo (Romanos 5:12). Ninguém merece uma segunda chance. Todos nós merecemos permanecer no "caminho espaçoso que conduz à perdição". Mas Deus nos amou o suficiente para fornecer o caminho para a vida eterna (Romanos 5:6–8). No entanto, Ele também sabe que em nosso mundo egocêntrico e saturado pelo pecado, não há muitos que O desejem o suficiente para se aproximarem dEle nos Seus termos (João 6:44, 65; Romanos 3:11; Jeremias 29:13). Satanás pavimentou a estrada para o inferno com tentações carnais, atrações mundanas e falta de comprometimento moral. A maioria das pessoas permite que suas paixões e desejos ditem o curso de suas vidas. Elas escolhem um prazer terreno e temporário acima do sacrifício necessário para seguir a Jesus (Marcos 8:34; Lucas 9:23; Mateus 10:37). O portão estreito é ignorado. A maioria das pessoas prefere criar suas próprias religiões e projetar seus próprios deuses. Assim, foi com tristeza, não discriminação, que Jesus declarou que o caminho para a vida eterna é "estreito, e poucos o encontram".

English


Voltar à página principal em português

Por que Deus fez da salvação um caminho tão apertado?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana