settings icon
share icon
Pergunta

As almas dos bebês abortados vão para o céu?

Resposta


O aborto como o conhecemos hoje não era praticado nos tempos bíblicos, e a Bíblia nunca menciona especificamente a questão do aborto. Está claro nas Escrituras que um bebê ainda não nascido é conhecido pelo Senhor, mesmo desde o momento da concepção (Salmo 139:13-16). Embora a Bíblia não mencione o aborto ou bebês abortados, temos duas chaves para nos ajudar a descobrir a resposta para a questão de saber se as almas dos bebês abortados vão para o céu.

A primeira chave é da única passagem da Bíblia onde algo específico é dito sobre a morte de crianças. Em 2 Samuel 12, aprendemos sobre o caso de Davi com Bate-Seba, a esposa de outro homem. Davi foi informado pelo profeta Natã que a criança produzida por aquela união morreria. Davi então começou a jejuar e orar, pedindo ao Senhor que não executasse o Seu julgamento. Quando a criança morreu, Davi levantou-se da oração e do jejum e comeu alguma coisa.

Quando questionado sobre esse comportamento, Davi pronunciou as palavras registradas em 2 Samuel 12:23: “Porém, agora que é morta, por que jejuaria eu? Poderei eu fazê-la voltar? Eu irei a ela, porém ela não voltará para mim.” As palavras de Davi refletem um entendimento claro de que a criança não poderia voltar à terra, mas Davi estaria com o seu filho um dia no céu. Isso indica não apenas a garantia de Davi do seu próprio futuro no céu (Salmo 23:6), mas também a garantia de que seu filho compartilharia desse futuro. A partir desse relato, podemos concluir que as crianças que morrem estão destinadas ao céu.

A segunda chave para lidar com esta questão é uma compreensão do caráter e atributos de Deus. Um Deus de justiça deve punir o pecado, pois a Bíblia nos ensina que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). Nem um nascituro nem um bebê abortado tiveram a oportunidade de pecar deliberadamente. No entanto, toda criança concebida carrega a natureza pecaminosa herdada de Adão (Salmo 51:5) e, portanto, está sujeita a julgamento. Ao mesmo tempo, Deus Se revela como um Deus de bondade e misericórdia (Salmo 136:26). Ele é “justo... em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras” (Salmo 145:17). Pode muito bem ser que Deus, em Sua graça, aplique o sacrifício de Cristo aos bebês vítimas de aborto. Sabemos que o sangue de Cristo é suficiente para tal coisa. Afinal, Jesus morreu “pelos do mundo inteiro” (1 João 2:2).

A Bíblia não diz especificamente se um nascituro que morre vai ou não para o céu. Sem uma passagem clara, podemos apenas especular. No entanto, conhecemos o amor, a bondade e a compaixão de Deus. Sabemos da confiança de Davi de que estaria com o seu filho novamente. E sabemos que Jesus convidou as crianças a virem a Ele (Lucas 18:16). Com base nessas certezas, acreditamos ser apropriado concluir que as almas das crianças estão imediatamente na presença de Deus quando suas vidas são interrompidas pelo aborto.

English



Voltar à página principal em português

As almas dos bebês abortados vão para o céu?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries