settings icon
share icon
Pergunta

O que significa que até os demônios creem (Tiago 2:19)?

Resposta


Tiago 2:19 diz: “Crês, tu, que Deus é um só? Fazes bem. Até os demônios creem e tremem." Tiago está mostrando a diferença entre concordância mental e uma fé salvadora genuína. Parece que as pessoas estavam afirmando que, porque acreditavam no Deus de Moisés e podiam recitar Deuteronômio 6:4, que diz: “Ouve, Israel, o Senhor, nosso Deus, é o único Senhor”, elas estavam bem com Deus. Tiago destrói essa falsa esperança ao comparar esse tipo de crença ao conhecimento de Satanás e seus demônios. Os asseclas de Satanás estão mais cientes da realidade de Deus do que a maioria das pessoas, mas os demônios não estão bem com Deus. Os demônios "acreditam" em algumas coisas que são verdadeiras sobre Deus - eles sabem que Ele é real, é poderoso, etc. - mas sua "teologia correta" não pode ser chamada de fé. Não há salvação para os demônios, embora concordem com a verdade de que há um só Deus.

Então, qual é a diferença entre a crença dos demônios e a fé necessária para a salvação eterna? Felizmente, Tiago não nos deixa sem resposta. O restante do capítulo 2 continua explicando que a fé sem um resultado piedoso é inútil (Tiago 2:20). O tipo de "fé" dos demônios faz com que temam seu destino final. O tipo de fé que nos salva nos dá uma humilde confiança em nossa salvação e nos transforma, produzindo uma ação santa. Podemos entender melhor que a fé requer ação por meio de uma ilustração:

Imagine estar à beira de um desfiladeiro. Uma estreita passarela suspensa atravessa o cânion. Ela mergulha no meio, balança levemente com o vento e tem algumas tábuas faltando. Parado com você na borda está o arquiteto dessa ponte. Ele é mundialmente conhecido por seus projetos e os segura nas mãos. Ele pergunta se você tem fé em sua ponte. Você responde ansiosamente: “Sim! Eu tenho fé em você. Acredito que essa ponte aguentará meu peso.” Mas a verdadeira fé não permanece à beira do desfiladeiro. Isso é apenas esperança. A fé é quando você pisa na ponte e começa a atravessar o abismo.

Assim é com a salvação. Os demônios sabem mais do que nós sobre o incrível poder de Deus. Eles assistiram Jesus Cristo vir à Terra, viver como um homem e então ser crucificado (Mateus 20:28). Eles tremeram de horror quando o Deus-Homem ressuscitou dos mortos e saiu do túmulo (1 Coríntios 15:3-8). Eles O viram subir de volta ao céu e sabem que Jesus é o Filho de Deus (veja Marcos 1:24). Os demônios acreditam que tudo isso é verdade, mas sua condenação é certa. O ponto de Tiago é que o mero assentimento aos fatos históricos e teológicos sobre Jesus não salvará uma pessoa. A fé salvadora resulta em uma nova criação, que produz boas obras.

Não é suficiente acreditar em Deus ou mesmo acreditar que o Deus da Bíblia é o Deus Único e Verdadeiro. Essa crença, desprovida de uma mudança de coração, torna a teologia de alguém comparável à dos demônios. Infelizmente, muitas pessoas podem não perceber que o que chamam de “fé” nada mais é do que o mesmo consentimento mental que os demônios possuem. Talvez eles tenham feito uma oração, tenham sido batizados ou tenham ido à igreja, mas a direção de suas vidas nunca mudou. Eles nunca nasceram de novo (veja João 3:3).

A verdade é que não somos salvos pela fé em um credo; somos salvos pela confiança em uma Pessoa. E essa confiança em Jesus resultará em amor a Deus, amor pelas pessoas e empenho pela santidade em tudo o que fazemos (1 Pedro 1:8, 15, 22-23).

English



Voltar à página principal em português

O que significa que até os demônios creem (Tiago 2:19)?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon YouTube icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries