O que posso fazer quando estou sob ataque espiritual?


Pergunta: "O que posso fazer quando estou sob ataque espiritual?"

Resposta:
A primeira coisa a fazer quando acreditamos que estamos sob um ataque espiritual é determinar, da melhor maneira possível, se o que estamos experimentando é verdadeiramente um ataque espiritual de forças demoníacas ou simplesmente os efeitos de viver em um mundo amaldiçoado pelo pecado. Algumas pessoas culpam todos os pecados, todos os conflitos e todos os problemas em demônios que precisam, assim acreditam, ser expulsos. O apóstolo Paulo instrui os cristãos a guerrearem contra o pecado em si mesmos (Romanos 6) e contra o maligno (Efésios 6:10-18). No entanto, quer estejamos verdadeiramente sob um ataque espiritual de forças demoníacas ou apenas lutando contra o mal em nós mesmos e que habita o mundo, o plano de batalha é o mesmo.

A chave do plano de batalha é encontrada em Efésios 6:10-18. Paulo começa dizendo que devemos ser fortes no Senhor e em Seu poder, não em nosso próprio poder, que não se iguala ao diabo e suas forças. Paulo, então, exorta-nos a vestir a armadura de Deus, que é a única maneira de tomar uma posição contra ataques espirituais. Em nossa própria força e poder, não temos chance de derrotar as "forças espirituais do mal, nas regiões celestes" (v. 12). Somente a "armadura completa de Deus" nos equipará para suportar ataques espirituais. Só podemos ser fortes no poder do Senhor. É a armadura de Deus que nos protege, e nossa batalha é contra as forças espirituais do mal no mundo.

Efésios 6:13-18 dá uma descrição da armadura espiritual que Deus nos dá, e a boa notícia é que essas coisas estão prontamente disponíveis para todos os que pertencem a Cristo. Devemos nos manter firmes com o cinturão da verdade, com a couraça da justiça, e calçar nossos pés com o evangelho da paz, embraçando sempre o escudo da fé, usando o capacete da salvação e exercendo a espada do Espírito, que é a palavra de Deus. Também somos instruídos a orar "em todo tempo no Espírito e para isto vigiando com toda perseverança e súplica por todos os santos ..." (Efésios 6:18). O que essas partes da armadura espiritual representam na guerra espiritual? Devemos falar a verdade contra as mentiras de Satanás. Devemos descansar no fato de que somos declarados justos por causa do sacrifício de Cristo por nós. Devemos proclamar o evangelho independentemente da quantidade de resistência que recebamos. Não devemos vacilar na nossa fé, por mais ferozmente que sejamos atacados. Nossa defesa final é a garantia que temos de nossa salvação, uma garantia que nenhuma força espiritual pode tirar. Nossa arma ofensiva é a Palavra de Deus, não nossas próprias opiniões e sentimentos. Finalmente, devemos seguir o exemplo de Jesus ao reconhecer que algumas vitórias espirituais só são possíveis através da oração.

Jesus é o nosso maior exemplo quando se trata de afastar os ataques espirituais. Observe como Jesus lidou com ataques diretos de Satanás quando foi tentado por ele no deserto (Mateus 4:1-11). Cada tentação foi respondida da mesma maneira — com as palavras "Está escrito" e com uma citação das Escrituras. Jesus sabia que a Palavra do Deus vivo é a arma mais poderosa contra as tentações do diabo. Se o próprio Jesus usou a Palavra para combater o diabo, devemos nos atrever a usar algo menos?

O maior exemplo de como não se envolver na guerra espiritual são os sete filhos de Ceva, um sacerdote judeu, que andavam por todos os cantos expulsando espíritos malignos e tentando invocar o nome do Senhor Jesus sobre aqueles que possuíam demônios. Um dia, o espírito maligno respondeu-lhes: "Conheço a Jesus e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? E o possesso do espírito maligno saltou sobre eles, subjugando a todos, e, de tal modo prevaleceu contra eles, que, desnudos e feridos, fugiram daquela casa" (Atos 19:15-16). Os sete filhos de Ceva estavam usando o nome de Jesus, mas como não tinham um relacionamento com Ele, suas palavras eram vazias de qualquer poder ou autoridade. Eles não estavam confiando em Jesus como seu Senhor e Salvador, e não estavam empregando a Palavra de Deus em sua guerra espiritual. Como resultado, receberam um espancamento humilhante. Que possamos aprender com o seu mau exemplo e conduzir a guerra espiritual conforme a Bíblia instrui.

English

Voltar à página principal em português

O que posso fazer quando estou sob ataque espiritual?

Assine a pergunta da semana