Haverá um arrebatamento parcial?



 

Pergunta: "Haverá um arrebatamento parcial?"

Resposta:
Há alguns crentes que afirmam que somente cristãos fiéis serão levados no arrebatamento enquanto cristãos infiéis são deixados na terra para sofrer a tribulação. O problema é que a Bíblia não apoia esse conceito. As passagens que descrevem o arrebatamento (1 Coríntios 15:50-57; 1 Tessalonicenses 4:13-18) aplicam-se universalmente a todos os cristãos, maduros e imaturos, fiéis e desobedientes. Versículos como Romanos 8:1 e 1 Tessalonicenses 5:9 nos dizem que Deus não derrama a Sua ira sobre os cristãos. Não há evidência bíblica alguma para um arrebatamento parcial. Todo crente será levado para o céu no arrebatamento.

A parábola de Jesus das dez virgens em Mateus 25:1-13 tem sido para alguns a "prova" de um arrebatamento parcial. No entanto, as cinco virgens cujas lâmpadas não tinham óleo não são simbólicas de crentes sendo deixados para trás, mas de incrédulos. O versículo-chave é o 12, onde o noivo diz para aqueles que ficaram para trás: "Em verdade vos digo que não vos conheço." Aqueles que Jesus conhece são crentes nEle, quer fossem ou não vigilantes. O elemento essencial na parábola é o óleo nas lâmpadas – o óleo sendo simbólico do Espírito Santo. Aqueles que têm o Espírito Santo vivendo em seus corações serão levados no arrebatamento porque são verdadeiramente cristãos. Aqueles que professam fé em Cristo, mas não possuem o Seu Espírito serão deixados para trás.

A lição para nós é que devemos estar prontos porque Cristo está voltando para os Seus, mas Ele virá como um "ladrão" (1 Tessalonicenses 5:4) - de repente, inesperadamente e sem aviso prévio. Apenas aqueles cujas lâmpadas (corações) contêm o óleo (o Espírito Santo) serão tomados. O resto, independentemente do que professe, será deixado para trás. Jesus conhece os Seus, e quando Ele nos chama, nós responderemos. Hoje é o dia da salvação (2 Coríntios 6:2), e aqueles que não conhecem Cristo não devem ousar demorar mais um momento.


Voltar à página principal em português

Haverá um arrebatamento parcial?