Os anjos têm livre-arbítrio?



 

Pergunta: "Os anjos têm livre-arbítrio?"

Resposta:
Embora a Bíblia mencione anjos mais de 250 vezes, as referências são geralmente acessórias a algum outro tópico. Aprender o que a Bíblia tem a dizer sobre os anjos certamente pode ajudar na compreensão de Deus e de Seus caminhos, mas o que é aprendido sobre os próprios anjos geralmente deve ser extraído de descrições implícitas e não explícitas.

Os anjos são seres espirituais que possuem personalidades que incluem emoções (Lucas 2:13-14), inteligência (2 Coríntios 11:3, 14) e vontades (2 Timóteo 2:26). Satanás foi um anjo que foi expulso do céu junto com muitos outros anjos que decidiram segui-lo e optaram pelo pecado (2 Pedro 2:4). Em termos de livre-arbítrio, a Bíblia revela que este foi um exercício de sua capacidade de escolha (Judas 1:6).

Alguns estudiosos acreditam que havia uma espécie de "liberdade vigiada" para os anjos, semelhante ao tempo em que Adão e Eva estavam no jardim. Os anjos que escolheram não pecar e seguir Satanás tornaram-se os anjos "eleitos" (1 Timóteo 5:21), confirmados em santidade. Esses anjos também são chamados de "santos anjos" (Marcos 8:38) e "santos" (Salmo 89:5).

Embora os anjos eleitos tenham sido confirmados em sua santidade, isso não significa que perderam o seu livre-arbítrio. Certamente, toda criatura viva tem escolhas a fazer em qualquer momento. Os santos anjos podem ter a capacidade de pecar, mas isso não significa de modo algum que, de fato, .

Para ajudar a entender essa questão, podemos considerar a vida de Cristo. Cristo foi "tentado em todas as coisas" (Hebreus 4:15), mas nunca pecou. Jesus teve a habilidade de escolher o que quisesse (João 10:17-18). No entanto, a primeira prioridade de Jesus foi sempre agradar a Seu Pai, e isso é sempre o que escolheu (João 4:34). De maneira semelhante, os anjos eleitos louvam e servem a Deus porque escolhem. Eles obedecem a Deus porque é o que mais desejam fazer.

Os seres humanos têm livre-arbítrio, mas lutam com o pecado porque a natureza humana foi corrompida pelo pecado. É por isso que todos os seres humanos pecam (Romanos 5:12) e acham "ser bom" muito mais difícil do que "ser ruim". Os santos anjos não têm uma natureza pecaminosa. Eles não são inclinados ao pecado, mas sim para a justiça, fazendo tudo o que agrada a Deus.

Em conclusão, os santos anjos têm um livre-arbítrio, mas a Bíblia deixa claro que não pecarão. O apóstolo João, ao descrever o céu, escreveu que não haverá luto, choro ou dor (Apocalipse 21:4), e qualquer um que faça o mal nunca será permitido entrar (Apocalipse 21:27). Os anjos que fazem parte do céu são sem pecado.


Voltar à página principal em português

Os anjos têm livre-arbítrio?