O que é a aliança davídica?



 

Pergunta: "O que é a aliança davídica?"

Resposta:
A aliança davídica refere-se às promessas de Deus a Davi através do profeta Natã e é encontrada em 2 Samuel 7 e depois resumida em 1 Crônicas 17:11-14 e 2 Crônicas 6:16. Esta é uma aliança incondicional feita entre Deus e Davi, através da qual Deus promete a Davi e a Israel que o Messias (Jesus Cristo) viria da linhagem de Davi e da tribo de Judá e estabeleceria um reino que duraria para sempre. A aliança davídica é incondicional porque Deus não coloca condições de obediência em sua realização. A garantia das promessas feitas depende exclusivamente da fidelidade de Deus e não da obediência de Davi ou de Israel.

A aliança davídica centra-se em várias promessas-chave feitas a Davi. Primeiro, Deus reafirma a promessa da terra que Ele fez nas duas primeiras alianças com Israel (a aliança abraâmica e aliança palestina). Esta promessa é vista em 2 Samuel 7:10: "Prepararei lugar para o meu povo, para Israel, e o plantarei, para que habite no seu lugar e não mais seja perturbado, e jamais os filhos da perversidade o aflijam, como dantes." Deus então promete que o filho de Davi o sucederá como rei de Israel e que este filho (Salomão) construiria o templo. Esta promessa é vista em 2 Samuel 7:12-13: "Quando teus dias se cumprirem e descansares com teus pais, então, farei levantar depois de ti o teu descendente, que procederá de ti, e estabelecerei o seu reino. Este edificará uma casa ao meu nome, e eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino."

Logo então a promessa continua e expande: "eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino" (2 Samuel 7:13), e "Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será estabelecido para sempre" (versículo 16). O que começou como uma promessa de que o filho de Davi, Salomão, seria abençoado e construiria o templo se transforma em algo diferente - a promessa de um reino eterno. Um outro filho de Davi governaria para sempre e construiria uma Casa duradoura. Esta é uma referência ao Messias, Jesus Cristo, chamado Filho de Davi em Mateus 21:9.

A promessa de que a "casa", o "reino" e o "trono" de Davi serão estabelecidos para sempre é significativa porque mostra que o Messias virá da linhagem de Davi e estabelecerá um reino que Ele mesmo reinará. A aliança é resumida pelas palavras "casa", prometendo uma dinastia na linhagem de Davi; "reino", referindo-se a um povo que é governado por um rei; "trono", enfatizando a autoridade do governo do rei; e "para sempre", enfatizando a natureza eterna e incondicional dessa promessa a Davi e a Israel.

Outras referências à aliança davídica são encontradas em Jeremias 23:5; 30:9; Isaías 9:7; 11:1; Lucas 1:32, 69; Atos 13:34; e Apocalipse 3:7.


Voltar à página principal em português

O que é a aliança davídica?