GotQuestions.org/Portugues




Pergunta: "O que é o Talmude?"

Resposta:
A palavra "Talmude" é uma palavra hebraica que significa "aprendizado, instrução". O Talmude é um texto central do Judaísmo convencional e consiste principalmente em discussões e comentários sobre a história, a lei (especialmente sua aplicação prática à vida), os costumes e a cultura judaicas. O Talmude consiste do que é conhecido como Guemará e Mishná.

Além das inspiradas escrituras hebraicas, que os cristãos chamam de Antigo Testamento, o Judaísmo tem uma "Torá Oral" que é uma tradição que explica o que essas escrituras significam e como interpretá-las e aplicar as leis. Os judeus ortodoxos acreditam que Deus ensinou esta Torá Oral a Moisés e a outros até os dias atuais. Esta tradição foi mantida apenas na forma oral até cerca do século 2 d.C., quando a lei oral foi compilada e escrita em um documento chamado Mishná. Ao longo dos próximos séculos, comentários adicionais elaborados sobre a Mishná foram escritos em Jerusalém e na Babilônia. Esses comentários adicionais são conhecidos como Guemará. A Guemará e a Mishná juntas são conhecidas como o Talmude. Isso foi concluído no século 5 d.C.

Na verdade, existem dois Talmudes: o Talmude de Jerusalém e o Talmude da Babilônia. O Talmude Babilônico é mais abrangente e é o que a maioria das pessoas quer dizer se apenas disserem "o Talmude" sem especificar qual. O Talmude não é fácil de ler. Frequentemente, há lacunas no raciocínio em que se presume que você já sabe do que estão falando e os conceitos são frequentemente expressos em uma espécie de taquigrafia. Os versículos bíblicos que apoiam um ensino geralmente são referenciados por apenas duas ou três palavras. O Talmude preserva uma variedade de pontos de vista sobre cada questão e nem sempre identifica claramente qual ponto de vista é aceito.

O Cristianismo não considera o Talmude inspirado no mesmo sentido que os 66 livros do cânon bíblico são "inspirados por Deus" (2 Timóteo 3:16). Embora alguns dos ensinamentos do Talmude possam ser "compatíveis" com os ensinamentos bíblicos, o mesmo pode ser dito sobre muitos escritos diferentes de muitas religiões diferentes. Para o cristão, o estudo do Talmude pode ser uma ótima maneira de aprender mais sobre a tradição, história e interpretação judaica, mas ele não deve ser considerado a autoritária Palavra de Deus.