GotQuestions.org/Portugues




Pergunta: "Existe alguma validez para os códigos da Bíblia?"

Resposta:
Portanto, parece haver alguns códigos bíblicos que revelam informações específicas e significativas. Não podemos descartar completamente a possibilidade de Deus ter "escondido" mensagens em Sua Palavra. Deus é certamente capaz de estruturar Sua Palavra inspirada de maneira tão complexa. Entretanto, sabemos que Deus deseja que compreendamos Sua Palavra (2 Timóteo 3:16–17), por isso devemos perguntar por que Ele "ocultaria" informações valiosas que as pessoas seriam incapazes de decifrar por milhares de anos.

Existem alguns problemas com a ideia de códigos da Bíblia. Por um lado, a Bíblia nem sempre sugere a existência de códigos internos (a despeito de Provérbios 25:2). Portanto, todos os códigos bíblicos são o resultado de construções humanas sobrepostas ao texto. Jesus, em todas as vezes que cita passagens da Bíblia, nunca usa um "código bíblico" para extrair um significado. O apóstolo Paulo, em todas as vezes que faz referência a passagens do Antigo Testamento, nunca usa um "código bíblico" para fornecer uma visão mais profunda. O mesmo pode ser dito para todos os outros autores bíblicos.

Além disso, os códigos bíblicos não são necessários. O que precisamos saber e aplicar é claro o suficiente de uma leitura "direta" da Palavra de Deus. Nossa salvação vem pelo apelo a Cristo para nos salvar de nossos pecados. Invocar a Cristo vem quando depositamos nossa fé nEle. A fé vem como resultado de ouvir a Palavra de Deus. A oportunidade de ouvir a Palavra acontece quando as pessoas saem e pregam as Escrituras para os outros (Romanos 10:9–17). Após a salvação, crescemos em Cristo ao nos alimentarmos da Palavra de Deus (Salmo 119:9-11,105; 2 Timóteo 3:16–17; 1 Pedro 2:2). Todas essas passagens se referem a considerar o texto da Bíblia com o seu valor nominal e aplicar seus princípios. Salvação e santificação não dependem da busca de códigos bíblicos.

Além disso, identificar códigos bíblicos é sempre um tanto arbitrário. O processo de descoberta e interpretação depende muito da perspectiva do pesquisador. Isto é especialmente verdade quando os códigos bíblicos são vistos como proféticos.

A Bíblia é um livro complexo? Sim. É mais complexo do que sabemos? Sim, certamente. É possível que Deus tenha incorporado mensagens ocultas no texto original das Escrituras? Sim, é possível que existam códigos bíblicos. No entanto, novamente, uma simples leitura da Bíblia fala por si. Tudo de que precisamos da Bíblia é obtido a partir de um estudo direto de seu texto (2 Timóteo 2:15; 3:16–17). Não há necessidade de tarefas demoradas de contar letras, procurar sequências e organizar o texto em várias redes para encontrar o que equivale a padrões questionáveis e interpretações subjetivas.