Como Jesus é maior do que todas as outras grandes pessoas da história?


Pergunta: "Como Jesus é maior do que todas as outras grandes pessoas da história?"

Resposta:
A Bíblia apresenta Jesus como maior do que todos os que viveram antes dEle e todos os que virão depois. Colossenses 1 expõe, em termos inequívocos, a doutrina da supremacia de Cristo "em todas as coisas" (Colossenses 1:18). Efésios 1:22 diz: "E sujeitou todas as coisas debaixo dos pés de Cristo e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja".

Jesus é maior que toda a criação. Como o criador de todas as coisas, Ele teria que ser. Jesus provou a Sua supremacia sobre a criação quando acalmou a tempestade furiosa (Marcos 4:39), multiplicou os pães e os peixes (Marcos 8:6–9), deu vista aos cegos (Marcos 8:22-25) e andou sobre as águas (Marcos 6:48). "Tudo foi criado por meio dele e para ele" (Colossenses 1:16).

Jesus é maior que Abraão. O pai Abraão foi e ainda é uma das pessoas mais respeitadas em toda a história. Certa vez, quando Jesus estava conversando com os judeus sobre a linhagem deles, eles lhe perguntaram: "Você não está querendo dizer que é maior do que Abraão, o nosso pai, que morreu?" (João 8:53). A resposta de Jesus foi chocante para eles: "Abraão, o pai de vocês, alegrou-se por ver o meu dia; e ele viu esse dia e ficou alegre. …. Em verdade, em verdade lhes digo que, antes que Abraão existisse, Eu Sou" (João 8:56, 58).

Jesus é maior que Jacó. Outro patriarca foi Jacó, também chamado de "Israel" por Deus (Gênesis 32:28). Quando Jesus conversou com uma mulher no poço de Jacó, em Samaria, Ele disse a ela que poderia lhe dar "água viva" (João 4:10). Pensando que estava se referindo a algum outro tipo de água de poço, ela perguntou: "Por acaso o senhor é maior do que Jacó?" (versículo 12). Jesus respondeu contrastando o presente temporal de Jacó com o presente eterno de Sua autoria: "Quem beber desta água voltará a ter sede, mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der será nele uma fonte a jorrar para a vida eterna" (versículos 13–14).

Jesus é maior que Moisés. Provavelmente, não há profeta do Antigo Testamento mais respeitado que Moisés. Ele foi o legislador, o emancipador de Israel e um trabalhador de milagres. Moisés teve o privilégio único de falar com Deus "face a face, como quem fala com o seu amigo" (Êxodo 33:11). Antes de morrer, Moisés ordenou aos israelitas que aguardassem a vinda de outro profeta que teria alguma semelhança a Moisés: "a ele vocês devem ouvir" (Deuteronômio 18:15). Jesus cumpriu a Lei (Mateus 5:17), nos emancipou do pecado e da morte (Romanos 8:2) e foi definitivamente um trabalhador de milagres (Atos 2:22). Hebreus 3:3 diz que "Jesus tem sido considerado digno de maior glória do que Moisés."

Jesus é maior que Davi. Nos dias de Jesus, um título comum para o Messias era "Filho de Davi" (veja Mateus 9:27). O uso desse termo pelos judeus significava a sua crença, com base na profecia, de que o Messias seria da linhagem de Davi (2 Samuel 7:16). Em um diálogo no templo, Jesus cita o Salmo 110:1, apontando que Davi chama o Messias de "meu Senhor" (Mateus 22:45). O Filho de Davi, portanto, é maior que Davi e tem uma linhagem maior que uma linha terrestre de realeza.

Jesus é maior que Salomão. O rei Salomão era incomparável em sabedoria, riqueza, poder e prestígio (1 Reis 10:23–24). Monarcas de todo o mundo visitaram Jerusalém durante o reinado de Salomão e prestaram-lhe homenagem. No entanto, Jesus disse: "E aqui está quem é maior do que Salomão" (Mateus 12:42).

Jesus é maior que Jonas. O profeta Jonas foi fundamental em um dos maiores avivamentos da história. Sob sua pregação, toda a cidade de Nínive se arrependeu de seus pecados e se voltou para Deus para obter misericórdia. Uma nação famosa por sua idolatria e selvageria se humilhou aos olhos de Deus e se afastou do paganismo. No entanto, Jesus disse: "E aqui está quem é maior do que Jonas" (Mateus 12:41).

Jesus é maior que João Batista. Jesus disse que João Batista era "muito mais do que um profeta" e "ninguém é maior do que João" (Lucas 7:26, 28). De fato, João foi o profeta final da era do Antigo Testamento, cumprindo Malaquias 3:1 e evidenciando um poder semelhante ao de Elias (Lucas 1:17). Mas como João enxergou Jesus? Sua previsão mostra quem é maior: "Depois de mim vem aquele que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de, curvando-me, desamarrar as correias das suas sandálias" (Marcos 1:7). Em outras palavras, João não estava nem na mesma categoria que Jesus. João batizou com água, mas Jesus batizou com o Espírito Santo (Marcos 1:8).

Jesus é maior que o templo. O templo em Jerusalém era um lugar glorioso, cheio de história, significado e consequências religiosas (veja Mateus 24:1). No entanto, Jesus disse aos fariseus: "Pois eu lhes digo que aqui está quem é maior do que o templo" (Mateus 12:6). O templo era onde os sacerdotes da nação intercediam com Deus, e o ministério de intercessão de Jesus é muito maior (Hebreus 8:6).

Jesus é maior que o sábado. O sinal da Aliança Mosaica era a observância do sábado (Ezequiel 20:12), e o povo judeu era rigoroso para observá-lo. Quando Jesus veio, Ele viveu sob a Lei (Gálatas 4:4), cumpriu a Lei (Mateus 5:17) e mostrou que "o Filho do homem é o senhor do sábado" (Mateus 12:8).

Jesus é maior que a igreja. A igreja é composta pelos eleitos de Deus que foram chamados para fora do mundo, redimidos, justificados, santificados e glorificados (Romanos 8:30). Eventualmente, a igreja será "como igreja gloriosa, sem mancha, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito" (Efésios 5:27). No entanto, Cristo é maior. Ele é o cabeça da igreja, que é o Seu corpo (Colossenses 1:18; cf. João 13:16; 15:20).

Jesus é maior que os anjos. Os anjos são servos de Deus, mas Jesus é o Filho unigênito de Deus, sentado no alto à direita da Majestade (Hebreus 1:3, 5; João 3:16). Um dia todos os principados e poderes no céu e na terra se curvarão diante de Cristo (Filipenses 2:10). Jesus é "tão superior aos anjos quanto herdou mais excelente nome do que eles" (Hebreus 1:4).

O nome de Jesus é maior que todos os outros nomes. Jesus, o homem perfeito e o único sacrifício pelo pecado, tem sido altamente exaltado. Deus lhe deu "o nome que está acima de todo nome" (Filipenses 2:9). Os outros nomes da história — Buda, Maomé, Gandhi, Confúcio, Krishna, Joseph Smith e Sun Myung Moon entre eles – não se comparam à luz da glória de Jesus Cristo. É o nome de Jesus que pregamos até os confins da terra, porque é somente em Seu nome que a salvação é encontrada (Atos 4:12).

"Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade" (Colossenses 2:9). Como a Palavra de Deus (João 1:1), Jesus é a revelação mais completa possível de Deus para o homem. Deus não poderia ter falado mais claramente.

English


Voltar à página principal em português

Como Jesus é maior do que todas as outras grandes pessoas da história?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana