Qual é o propósito de Jesus interceder por nós no céu?


Pergunta: "Qual é o propósito de Jesus interceder por nós no céu?"

Resposta:
Falando em Jesus, o escritor de Hebreus diz: "Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se aproximam de Deus, vivendo sempre para interceder por eles" (Hebreus 7:25). Este versículo (e outros semelhantes) nos diz que, embora a obra de Cristo para garantir a salvação dos eleitos tenha sido concluída na cruz, como evidenciada por Seu clamor: "Está consumado!" (João 19:30), os Seus cuidados com Seus filhos redimidos nunca acabarão.

Jesus não foi para o céu após o Seu ministério terreno e "fez uma pausa" do Seu papel como Pastor eterno para o Seu povo. "Porque, se nós, quando inimigos, fomos reconciliados com Deus mediante a morte do seu Filho, muito mais, estando já reconciliados, seremos salvos pela sua vida!" (Romanos 5:10, grifos do autor). Se, quando humilde, desprezado, moribundo e morto, Ele teve o poder de realizar uma obra tão grande como reconciliar-nos com Deus, quanto mais podemos esperar que seja capaz de nos guardar agora que é um Redentor vivo, exaltado e triunfante, ressuscitado à vida e intercedendo em nosso favor diante do trono (Romanos 8:34). Claramente, Jesus ainda é muito ativo em nosso favor no céu.

Depois que Jesus subiu ao céu e estava sentado à direita de Deus Pai (Atos 1:9; Colossenses 3:1), Ele retornou à glória que possuía antes de encarnar (João 17:5) para desempenhar o Seu papel de Rei dos reis e Senhor dos senhores – o Seu papel eterno como a segunda Pessoa do Deus trino. Enquanto esta terra antiga continua a ser "conquistada" para Cristo, Jesus é o advogado dos cristãos, ou seja, Ele é o nosso grande Defensor. Este é o papel de intercessão que atualmente desempenha a favor daqueles que são Seus (1 João 2:1). Jesus está sempre apelando o nosso caso perante o Pai, como um advogado de defesa em nosso favor.

Jesus intercede por nós enquanto Satanás (cujo nome significa "acusador") está nos acusando, salientando os nossos pecados e fragilidades diante de Deus, assim como fez com Jó (Jó 1:6-12). Mas as acusações caem em ouvidos surdos no céu, porque a obra de Jesus na cruz pagou totalmente a dívida do nosso pecado; portanto, Deus sempre vê em Seus filhos a perfeita justiça de Jesus. Quando Jesus morreu na cruz, a Sua justiça (perfeita santidade) foi imputada a nós, enquanto o nosso pecado foi imputado a Ele na Sua morte. Essa é a grande troca de que Paulo fala em 2 Coríntios 5:21. Isso tirou para sempre o nosso estado pecaminoso diante de Deus, para que Deus possa nos aceitar como inocentes diante dEle.

Por último, é importante entender que Jesus é o único mediador humano entre Deus e o homem. Ninguém mais — nem Maria, nem nenhum cristão anterior — tem o poder de interceder por nós diante do trono do Todo-Poderoso. Nenhum anjo tem essa posição. Somente Cristo é o Deus-homem, e Ele medeia e intercede entre Deus e o homem. "Porque há um só Deus e um só Mediador entre Deus e a humanidade, Cristo Jesus, homem" (1 Timóteo 2:5).

English


Voltar à página principal em português

Qual é o propósito de Jesus interceder por nós no céu?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana