settings icon
share icon
Pergunta

Por que há momentos em que Deus parece silencioso/ausente na vida de um crente?

Resposta


Ao responder a esta pergunta, nós nos lembramos de Elias e a sua fuga de Jezabel. Elias era um homem de Deus a quem Deus usou para fazer algumas coisas poderosas. No entanto, quando chegou a ele a notícia de que Jezabel havia ameaçado a sua vida, ele fugiu (1 Reis capítulo 19). Elias orou ao Senhor e, na verdade, reclamou de como estava sendo tratado: "Ele respondeu: — Tenho sido muito zeloso pelo Senhor, Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares e mataram os teus profetas à espada. Só fiquei eu, e eles estão querendo tirar-me a vida" (1 Reis 19:10). A resposta do Senhor a Elias é emocionante: "Saia daí e fique diante do Senhor no monte. Eis que o Senhor estava passando. E um grande e forte vento fendia os montes e quebrava as rochas diante do Senhor. Mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento, houve um terremoto. Mas o Senhor não estava no terremoto. Depois do terremoto, veio um fogo. Mas o Senhor não estava no fogo. E, depois do fogo, veio o som de um suave sussurro" (1 Reis 19:11-12).

Vemos nesta passagem das Escrituras que o que Elias pensava não era verdade. Elias achou que Deus estava em silêncio e que era o único que restava. Deus não apenas "não Se calou", mas tinha um exército esperando nas asas para que Elias não estivesse sozinho: "Também conservei em Israel sete mil, todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda boca que não o beijou" (1 Reis 19:18).

Em nossa caminhada como crentes renascidos, pode parecer que Deus está em silêncio, mas Deus nunca está em silêncio. O que parece silêncio e inatividade para nós é Deus nos permitindo a oportunidade de ouvir o "som de um suave sussurro" e ver as provisões que Ele nos fez pela fé. Deus está envolvido em todas as áreas da vida de um crente – os próprios cabelos de nossas cabeças estão contados (Marcos 10:30; Lucas 12:7). No entanto, há momentos em que temos que andar em obediência à luz que Deus nos deu antes que lance mais luz em nosso caminho, porque nesta era de graça Deus fala conosco através da Sua Palavra.

"‘Porque os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, e os caminhos de vocês não são os meus caminhos’, diz o Senhor. ‘Porque, assim como os céus são mais altos do que a terra, assim os meus caminhos são mais altos do que os seus caminhos, e os meus pensamentos são mais altos do que os pensamentos de vocês. Porque, assim como a chuva e a neve descem dos céus e para lá não voltam, sem que primeiro reguem a terra, e a fecundem, e a façam brotar, para dar semente ao semeador e pão ao que come, assim será a palavra que sair da minha boca: não voltará para mim vazia, mas fará o que me apraz e prosperará naquilo para que a designei’" (Isaías 55:8-11).

Portanto, quando Deus nos parece silencioso como crentes renascidos, pode significar que paramos de ouvir a Sua voz, que permitimos que os cuidados deste mundo taparam nossos ouvidos espirituais ou que negligenciamos a Sua Palavra. Deus não fala conosco hoje em sinais, maravilhas, fogo ou vento, o Seu Espírito nos fala através da Palavra, e nessa Palavra temos as “palavras de vida”.

English



Voltar à página principal em português

Por que há momentos em que Deus parece silencioso/ausente na vida de um crente?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries