Se Deus é onipresente, isso significa que Deus está no inferno?


Pergunta: "Se Deus é onipresente, isso significa que Deus está no inferno?"

Resposta:
A onipresença de Deus é um dos Seus atributos essenciais. A Sua justiça também é essencial e, portanto, é necessário que Ele castigue os pecadores que não confiam em Jesus para a salvação. Assim, temos um Deus a quem se refere como estando presente em toda parte, mas que mantém um lugar chamado inferno, descrito como um lugar onde as pessoas são afastadas da Sua presença (ver Mateus 25:41).

Três passagens são particularmente importantes para esta discussão. A primeira é o Salmo 139:7–12, no qual Davi diz: "Para onde me ausentarei do teu Espírito? Para onde fugirei da tua face? Se subo aos céus, lá estás; se faço a minha cama no mais profundo abismo, lá estás também." O abismo/ou sheol é simplesmente uma transliteração de um substantivo hebraico que significa "a sepultura" ou "o lugar dos mortos". Sheol é um termo amplo e não é sinônimo de inferno, a palavra comumente usada para se referir ao lugar eterno de punição.

Segundo Tessalonicenses 1:7–9 diz que aqueles que não conhecem a Deus "sofrerão penalidade de eterna destruição, banidos da face do Senhor e da glória do seu poder". No entanto, Apocalipse 14:10 diz que quem adora o anticristo "será atormentado com fogo e enxofre, diante dos santos anjos e na presença do Cordeiro." Esses dois versículos são de longe os mais confusos sobre esse assunto devido à sua aparente contradição. Mesmo assim, há uma explicação bastante simples encontrada no grego original.

Em Apocalipse 14:10, "presença" é uma tradução literal do grego enopion, que significa "na presença de, diante". Esta é uma palavra espacial, sugerindo proximidade e distâncias literais e mensuráveis. Por outro lado, a palavra traduzida "face" em 2 Tessalonicenses é prosopon, que geralmente se refere ao rosto ou à aparência externa de uma pessoa. Paulo parece ter tomado esse palavreado diretamente de Isaías 2:10, assim como encontrado na Septuaginta. Existem outras referências a Deus e Seu povo sendo "separados", até mesmo na Terra. O grito de agonia de Jesus na cruz é um exemplo (Mateus 27:46; Marcos 15:34). O teólogo Dr. Louis Berkhof ensina que Paulo se refere a "uma total ausência do favor de Deus". Essa descrição do inferno apresentaria um oposto mais exato ao céu. O céu fornece bênção e plenitude não por estar mais próximo espacialmente de Deus, mas por estar em completa comunhão com Ele. O inferno está associado a uma completa falta de bênção devido ao rompimento de qualquer comunhão com Deus.

Por fim, parece que Deus está realmente "presente" no inferno, ou o inferno está em Sua presença, dependendo de como se interpreta. Deus é e sempre será onipresente. Ele sempre saberá o que está acontecendo no inferno. Contudo, esse fato não significa que as almas presas ali tenham um relacionamento com Deus ou qualquer comunicação com Ele.

English


Voltar à página principal em português

Se Deus é onipresente, isso significa que Deus está no inferno?

Descubra como ...

receber a vida eterna



receber o perdão de Deus



Assine a pergunta da semana