O que significa que Deus é luz?



 

Pergunta: "O que significa que Deus é luz?"

Resposta:
"Deus é luz", diz 1 João 1: 5. A luz é uma metáfora comum na Bíblia. Provérbios 4:18 simboliza a justiça como a "luz da aurora". Filipenses 2:15 compara os filhos de Deus que são "puros e irrepreensíveis" com as estrelas brilhantes no universo. Jesus usou a luz como uma imagem de boas obras: "Assim brilhe a luz de vocês diante dos homens, para que vejam as suas boas obras e glorifiquem ao Pai de vocês, que está nos céus" (Mateus 5:16). Salmo 76:4 diz de Deus: "Resplendes de luz!"

O fato de que Deus é luz estabelece um contraste natural com a escuridão. Se a luz é uma metáfora para a justiça e bondade, então a escuridão significa o mal e o pecado. Primeiro João 1:6 diz que "Se afirmarmos que temos comunhão com ele, mas andamos nas trevas, mentimos e não praticamos a verdade." O versículo 5 diz: "Deus é luz; nele não há treva alguma." Note que não nos é dito que Deus é uma luz, mas que Ele é luz. A luz faz parte da Sua essência, assim como o amor (1 João 4:8). A mensagem é que Deus é completamente, absolutamente e incondicionalmente santo, sem qualquer mistura com o pecado, qualquer mancha de iniquidade ou qualquer indício de injustiça.

Se não temos a luz, não conhecemos a Deus. Aqueles que conhecem a Deus, que andam com Ele, são da luz e caminham na luz. Eles são feitos participantes da natureza divina de Deus, "livrando-vos da corrupção das paixões que há no mundo" (2 Pedro 1:4).

Deus é luz, e por isso o Seu Filho também é. Jesus disse: "Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida" (João 8:12). "Andar" é fazer progresso. Portanto, pode-se inferir a partir deste versículo que os cristãos estão destinados a crescer em santidade e amadurecer na fé na medida em que seguem a Jesus (ver 2 Pedro 3:18).

Deus é luz, e é o Seu plano que os crentes resplandeçam a Sua luz, tornando-se mais semelhantes a Cristo todos os dias. "Porquanto vós todos sois filhos da luz e filhos do dia; nós não somos da noite, nem das trevas" (1 Tessalonicenses 5:5). Deus é o Criador da luz física, bem como o Doador da luz espiritual pela qual podemos ver a verdade. A luz expõe o que está oculto nas trevas; ela mostra as coisas como realmente são. Andar na luz significa conhecer a Deus, compreender a verdade e viver em justiça.

Os crentes em Cristo devem confessar qualquer escuridão dentro de si - seus pecados e transgressões - e permitir que Deus brilhe a Sua luz através deles.

Os cristãos não podem ficar de braços cruzados apenas assistindo outros se afogando na escuridão do pecado, sabendo que os que permanecem nas trevas estão destinados à separação eterna de Deus. A Luz do Mundo deseja banir a escuridão e conceder a Sua sabedoria em todos os lugares (Isaías 9:2; Habacuque 2:14; João 1:9). Ao levar a luz do evangelho ao mundo, necessariamente temos de revelar coisas que as pessoas preferem deixar escondido. A luz é desconfortável para aqueles acostumados com o escuro (João 3:20).

Jesus, o perfeito Filho de Deus, é a "verdadeira luz" (João 1:9). Como filhos adotivos de Deus, devemos refletir a Sua luz em um mundo escurecido pelo pecado. O nosso objetivo em testemunhar aos perdidos é "para lhes abrires os olhos e os converteres das trevas para a luz e da potestade de Satanás para Deus" (Atos 26:18).


Voltar à página principal em português

O que significa que Deus é luz?