Por que Deus demanda, busca ou pede que o adoremos?



 

Pergunta: "Por que Deus demanda, busca ou pede que o adoremos?"

Resposta:
Adorar é "dar honra, homenagem, reverência, respeito, adoração, louvor ou glória a um ser superior." Deus exige adoração porque Ele e somente Ele é digno de recebê-la. Ele é o único que realmente merece ser adorado. Ele pede que reconheçamos a Sua grandeza, o Seu poder e a Sua glória. Apocalipse 4:11 diz: “Tu, Senhor e Deus nosso, és digno de recebera glória, a honra e o poder, porque criaste todas as coisas, e por tua vontade elas existem e foram criadas.”

Deus nos criou e não vai ser usurpado. "Não terás outros deuses além de mim. Não farás para ti nenhum ídolo, nenhuma imagem de qualquer coisa no céu, na terra, ou nas águas debaixo da terra. Não te prostrarás diante deles nem lhes prestarás culto, porque eu, o Senhor, o teu Deus, sou Deus zeloso, que castigo os filhos pelos pecados de seus pais até a terceira e quarta geração daqueles que me desprezam" (Êxodo 20:3-5). Devemos entender que o zelo de Deus não é a inveja pecaminosa, nascida do orgulho, que nós mesmos sentimos. É um ciúme santo e justo que não pode permitir que a glória devida somente a Ele possa ser dada a outro.

Deus deseja que o adoremos como uma expressão de reverência e gratidão, e também espera que sejamos obedientes. Ele quer não só que o amemos, mas que ajamos com justiça uns para os outros, sempre demonstrando amor e compaixão. Desta forma, nós nos apresentamos a Ele como um sacrifício vivo, santo e agradável. Isto glorifica a Deus e é o nosso "culto racional" (Romanos 12:1). Quando adoramos com um coração obediente e um espírito aberto e arrependido, Deus é glorificado, os cristãos são purificados, a igreja é edificada e os perdidos são evangelizados. Estes são todos os elementos da verdadeira adoração.

Deus também quer que o adoremos porque o nosso destino eterno depende da nossa adoração ao Deus vivo e verdadeiro. Filipenses 3:3 descreve a verdadeira igreja, o corpo de crentes em Jesus Cristo cujo destino eterno é o céu. "Pois nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos pelo Espírito de Deus, que nos gloriamos em Cristo Jesus e não temos confiança alguma na carne." Em outras palavras, a igreja é unicamente identificada como o povo de Deus, mas não através da circuncisão física. A igreja é composta por aqueles que adoram a Deus em seu espírito, regozijam em Cristo e não confiam em si mesmos para a salvação. Aqueles que não adoram o Deus vivo e verdadeiro não pertencem a Ele, e o seu destino eterno é o inferno. Mas os verdadeiros adoradores são identificados por sua adoração a Deus e a sua morada eterna é com o Deus que tanto adoram e amam.

Deus demanda, procura e solicita a nossa adoração porque merece e porque adorá-lo faz parte da natureza de um cristão. Além disso, o nosso destino eterno depende disso. Esse é o tema da história redentora: adorar o verdadeiro, vivo e glorioso Deus.


Voltar à página principal em português

Por que Deus demanda, busca ou pede que o adoremos?