ã
settings icon
share icon
Pergunta

Se Deus é amor, por que Ele condena a homossexualidade?

Resposta


Um argumento comum para a aceitação da homossexualidade e do casamento entre pessoas do mesmo sexo é que, se Deus é amor, Ele não condenaria o amor dos outros. O principal problema com isso é de que tipo de “amor” estamos falando.

1 João 4:8 diz: “Quem não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor”. O “amor” aqui referenciado é o ágape grego. Esse tipo de amor é o ato consciente de sacrificar os próprios desejos, conforto e até bem-estar pelo bem do outro. É o amor que enviou Jesus para morrer na cruz pelos nossos pecados (Romanos 5:8). E o amor que levou Deus a enviá-lo (João 3:16). A maior realização desse amor é sacrificar a própria vida por outra (João 15:13).

A questão, então, torna-se o que constitui o bem-estar do outro? O mundo e talvez até nossas próprias sensibilidades podem dizer que permitir que outra pessoa viva em um relacionamento homossexual é cuidar do seu bem-estar. A Bíblia diz o contrário. Romanos 1:26 diz que é vergonhoso e desonroso. 1 Coríntios 6:9 diz que isso impedirá que uma pessoa entre no reino de Deus. 1 Coríntios 6:18 diz que o comportamento homossexual é um pecado contra o próprio corpo.

Se isso é verdade e o comportamento homossexual é desonroso, assim como uma separação da bênção de Deus e prejudicar a si mesmo, então a coisa amorosa a fazer é ficar longe disso. Incentivar os outros a pecar é incentivá-los a rejeitar as bênçãos de Deus em suas vidas. Isso é o oposto do amor.

Dito isto, aqueles com atrações homossexuais precisam desesperadamente de amor. Mesmo que concordem com a Bíblia que a homossexualidade é um pecado e resolvam não buscar a satisfação de seus desejos sexuais, ainda devem encontrar amor em outros relacionamentos – o amor abnegado de ágape e a companhia amigável de phileo. Quando nossas necessidades emocionais e sociais de amor são atendidas, é menos provável que busquemos satisfação de maneiras antibíblicas. Isso se aplica tanto para heterossexuais solteiros quanto para aqueles com atração homossexual.

Será que alguém com atração sexual pelo mesmo sexo pode ser curado e se tornar heterossexual em pensamento, desejo e ação? É possível, mas não é garantido. Ser salvo e perdoado não livra ninguém da tentação. Para o crente, enquanto as atrações pelo mesmo sexo estiverem presentes, a abstinência é crucial – como é o caso para qualquer pessoa que não esteja em um casamento heterossexual. Os crentes não devem tolerar relacionamentos sexuais fora de um casamento heterossexual, mesmo que demonstrem amor ágape e phileo.

É uma mentira que todos os humanos precisam de satisfação sexual (Mateus 19:12). É uma mentira que o sexo equivale a amor. O Deus que nos criou insiste que o sexo é uma expressão de amor entre um homem e uma mulher casados um com o outro. Fora desse contexto, o sexo é prejudicial e muito desamoroso. Se amarmos os outros, não os encorajaremos a pecar, causando danos a si mesmos. Em vez disso, seguiremos o maior mandamento e forneceremos a eles o verdadeiro amor que precisam de nós.

English



Voltar à página principal em português

Se Deus é amor, por que Ele condena a homossexualidade?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries