settings icon
share icon
Pergunta

Seria importante a descoberta da Arca de Noé?

Resposta


Tem havido inúmeras supostas descobertas da Arca de Noé nos últimos anos. Elas têm ocorrido em vários locais que vão do Monte Ararat, na Turquia, a uma cadeia de montanhas no Irã, a um local totalmente diferente no Monte Ararat (com um centro de visitantes). Não é o objetivo deste artigo avaliar se essas reivindicações da descoberta de Arca de Noé são legítimas ou não. Em vez disso, a questão que queremos abordar é se esse descobrimento, se de fato ocorresse, seria significativo. Será que achar a Arca de Noé levaria as pessoas a voltarem-se para Deus em fé?

A descoberta de uma estrutura parecida com um barco nas montanhas do Oriente Médio, datada a carbono ao tempo aproximado do relato bíblico da Arca de Noé (2500 aC) e com evidência de vida animal tendo estado a bordo, certamente seria uma tremenda descoberta. Para aqueles que acreditam em Deus e confiam na Bíblia como a Sua Palavra inspirada, isso seria uma poderosa confirmação de que a Bíblia é verdadeira e que a história humana primitiva ocorreu exatamente como ela descreve. A descoberta averiguada da Arca de Noé provavelmente faria com que muitos que estão em busca da verdade e céticos de mente aberta pelo menos reavaliassem as suas crenças. Para o crítico de mente fechada e ateu endurecido, no entanto, a descoberta da Arca de Noé não iria fazer muita diferença.

Romanos 1:19-20 declara: "porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou. Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis." Se uma pessoa estiver rejeitando a evidência clara de Deus no universo, nenhuma descoberta biblicamente relacionada mudaria a sua mente. Da mesma forma, em Lucas 16:31, Jesus declara: "Abraão, porém, lhe respondeu: Se não ouvem a Moisés e aos Profetas, tampouco se deixarão persuadir, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos." Nenhuma descoberta, nenhum argumento e nenhum milagre mudaria a mente de uma pessoa que tenha sido cega por Satanás (2 Coríntios 4:4) e esteja, com um coração duro e mente fechada, rejeitando a luz do Evangelho.

Por outro lado, será que importaria se a Arca de Noé fosse descoberta? Não, não faria diferença porque a fé cristã não se baseia em cada relato bíblico sendo explicitamente/conclusivamente provado. A fé cristã é construída sobre a fé. "Bem-aventurados os que não viram e creram" (João 20:29). No entanto, existem duas explicações principais sobre por que a Arca de Noé talvez nunca seja descoberta. Em primeiro lugar, a madeira da Arca teria sido muito valiosa após o Dilúvio. Noé e sua família teriam precisado de madeira para construir suas casas.É possível que Noé e sua família, ou os seus descendentes, teriam desconstruído a Arca e usado a sua madeira para outros fins. Segundo, mesmo se Noé e sua família tivessem deixado a arca intacta, cerca de 4.500 anos têm se passado (se o relato bíblico for interpretado literalmente). A estrutura de madeira exposta a elementos agressivos por 4500 anos já teria, em grande parte, apodrecido.

Embora a descoberta da Arca de Noé fosse um achado arqueológico enorme e poderoso, os cristãos nunca devem ter uma fé que dependa disso. A descoberta da Arca de Noé, da Arca da Aliança, do Jardim do Éden ou de qualquer outro artefato bíblico não provará a fé cristã e nem vai mudar a mente de alguém que Deus não esteja atraindo (João 6:44). "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem" (Hebreus 11:1).

English



Voltar à página principal em português

Seria importante a descoberta da Arca de Noé?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries