O que a Bíblia diz sobre a tolice?


Pergunta: "O que a Bíblia diz sobre a tolice?"

Resposta:
A tolice é o resultado de uma pessoa usar incorretamente a inteligência que Deus lhe deu. Um tolo usa suas habilidades de raciocínio para tomar decisões erradas. O tipo mais básico de tolice é negar a existência de Deus ou dizer “não” a Deus (Salmos 14:1). A Bíblia associa insensatez com um temperamento rápido (Provérbios 14:16-17), discurso perverso (Provérbios 19:1) e desobediência aos pais (Provérbios 15:5). Nascemos com uma tolice inata, mas a disciplina nos ajudará a treinar em sabedoria (Provérbios 22:15).

Provérbios 19:3 diz que a tolice é contraproducente: “A estultícia do homem perverte o seu caminho....” Jesus em Marcos 7:22 usa uma palavra que significa “insensatez” e é traduzida como “loucura”. Nesse contexto, Jesus descreve o que sai do coração do homem e o contamina. A tolice é uma das evidências de que o homem tem uma natureza pecaminosa e corrompida. Provérbios 24:9 diz: “Os desígnios do insensato são pecado, e o escarnecedor é abominável aos homens....” A insensatez, portanto, é realmente a quebra da lei de Deus, pois o pecado é iniquidade (1 João 3:4).

Para o tolo, o caminho de Deus é loucura: “Certamente, a palavra da cruz é loucura para os que se perdem...” (1 Coríntios 1:18; cf. versículo 23). O evangelho parece ser tolice para os descrentes porque não faz sentido para eles. O tolo está completamente desprovido da sabedoria de Deus. O evangelho vai contra a inteligência e a razão nativas do incrédulo, todavia “...aprouve a Deus salvar os que creem pela loucura da pregação” (1 Coríntios 1:21).

O crente em Cristo recebe a própria natureza de Deus (2 Pedro 1:4), a qual inclui a mente de Cristo (1 Coríntios 2:16). Ao confiar no poder habitador do Espírito Santo, o crente pode rejeitar a tolice. Seus pensamentos podem agradar ao Senhor e ele pode tomar decisões que glorifiquem a Deus e enriquecem a sua vida e as vidas daqueles que o cercam (Filipenses 4:8–9; Efésios 5:18–6:4).

Quando se trata do nosso destino eterno, alguém ou é tolo, ou seja, rejeita o evangelho de Cristo, ou é sábio, ou seja, acredita em Cristo e entrega sua vida a Ele (ver Mateus 7:24–27). O crente descobre que o evangelho - o que pensava ser tolice - é, na realidade, a sabedoria de Deus, proporcionando-lhe a salvação eterna.

English
Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre a tolice?

Assine a pergunta da semana