settings icon
share icon
Pergunta

O que a Bíblia diz sobre BDSM?

Resposta


BDSM significa bondage (literalmente escravidão) / disciplina / sadismo / masoquismo. O termo pode se referir à subcultura de pessoas interessadas em dominação/submissão e sadomasoquismo, ou pode se referir mais simplesmente às ações de um casal que incorpora alguma encenação dominatrix (dominadora)/submissa como parte do seu relacionamento sexual. Desnecessário dizer que a Bíblia não menciona o BDSM, seja como parte das relações sexuais ou separado delas.

Com relação ao “leito conjugal” (Hebreus 13:4), a Bíblia não dá muitas restrições ao que um casal possa fazer sexualmente um com o outro. Além do adultério (sexo a três, trocas, etc.) e pornografia, que a Bíblia identifica clara e explicitamente como pecado, um bom princípio parece ser o “consentimento mútuo” mencionado em 1 Coríntios 7:5. Se um marido e sua esposa estão de pleno acordo, sem serem forçados ou coagidos, Deus deu aos casais liberdade em relação ao que acontece no “leito conjugal”. Será que essa liberdade poderia incluir trajes de couro preto, escravidão não violenta e até encenação? Não há nada na Bíblia que restrinja explicitamente tais atividades.

Com isso dito, definitivamente existem aspectos obscuros no BDSM nos quais um cristão não deve fazer parte. Receber prazer sexual por meio de dar ou receber dor não está de acordo com o que a Bíblia diz sobre o sexo. O sexo deve ser uma expressão de amor, afeição, paixão, gentileza, altruísmo e compromisso. O sexo deve ser a expressão literal/física de um casal sendo “uma só carne” (Gênesis 2:24). Trazer dor, degradação ou humilhação ao relacionamento sexual distorce o que deveria ser, mesmo quando tais ações são consensuais. Os aspectos mais extremos do BDSM cheiram a satanismo/paganismo e são definitivamente ímpios e pervertidos.

No que diz respeito à subcultura BDSM, a necessidade de dominar e/ou ser dominado em um relacionamento, seja sexual ou não sexual, pode revelar uma psique necessitada de ser redimida por Deus através de Jesus Cristo. Jesus Cristo morreu para nos libertar do pecado e suas consequências (Lucas 4:18; Gálatas 5:1). Jesus Cristo sempre demonstrou liderança servil, não domínio, em Seu relacionamento com os outros (João 13). A necessidade de dominar e o desejo de ser dominado são espiritualmente insalubres. Mesmo que alguns aspectos “inocentes” ou divertidos do BDSM sejam permitidos no contexto do casamento, a grande maioria do que acontece no BDSM absolutamente não é cristão ou semelhante a Cristo em nenhum sentido.

English



Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre BDSM?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries