settings icon
share icon
Pergunta

O que a Bíblia diz sobre a amamentação?

Resposta


Para começar, é importante entender que a Bíblia não dá instruções específicas sobre a amamentação. Apesar disso, há cristãos que se posicionam fortemente em cada lado do debate, muitas vezes em detrimento do amor e da unidade cristãos, sem falar do nosso testemunho ao mundo. Quando os cristãos permitem que questões não essenciais os dividam, ninguém ganha, exceto aqueles que querem ver dissensão no corpo de Cristo. A amamentação é uma dessas questões.

Nos tempos bíblicos, a única alternativa para uma mãe amamentar seus filhos era contratar os serviços de uma “ama de leite”, que era uma mulher que havia dado à luz recentemente e podia amamentar outros bebês. O bebê Moisés foi encontrado flutuando em uma cesta no rio Nilo pela princesa egípcia, que o trouxe para o palácio e o adotou. Como a princesa não tinha filhos, ela precisava de uma ama de leite para amamentá-lo. Através de uma série de intervenções divinas, a própria mãe de Moisés foi procurada para amamentá-lo (Êxodo 2:1-10).

O aleitamento materno tem se mostrado o método mais benéfico de alimentação de um lactente, em parte devido à presença do colostro, o primeiro leite produzido pelos mamíferos que contém nutrientes essenciais, anticorpos e imunoglobulinas de que os recém-nascidos precisam para um crescimento e desenvolvimento saudáveis, especialmente nos primeiros dias. Claramente, o leite materno é a forma mais saudável de leite para bebês humanos. Ao mesmo tempo, existem condições em que a mãe de uma criança simplesmente não pode amamentar. As mulheres ainda morrem no parto, necessitando da implementação da mamadeira. Às vezes, as mães ficam completamente sem leite, e as mães com HIV, hepatite ou outras doenças transmissíveis são impedidas de amamentar. Algumas mães têm que sair de casa para trabalhar logo após o parto e acham o uso de uma bomba tira-leite simplesmente muito complicado e demorado. Finalmente, milhões de crianças americanas nascidas na década de 1950 foram alimentadas com mamadeira por causa de uma paixão cultural por qualquer coisa “científica”, que incluía o método novo e aprimorado de alimentar bebês. Não há evidências conclusivas de que essas crianças tenham crescido menos saudáveis do que aquelas que foram amamentadas.

No final, a escolha de amamentar ou não uma criança é melhor deixar individualmente para cada mãe, sua família e Deus. Cabe às futuras mães se familiarizarem com os fatos sobre amamentação versus mamadeira e então tomar sua própria decisão informada, em oração e na sabedoria que Deus provê (Tiago 1:5). Nenhuma mulher deve se sentir uma mãe terrível ou menos cristã por não amamentar. Como cristãos, não devemos julgar uns aos outros em questões não essenciais, mas devemos edificar uns aos outros no amor e na graça do Senhor Jesus (Romanos 14:19).

English



Voltar à página principal em português

O que a Bíblia diz sobre a amamentação?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries