settings icon
share icon
Pergunta

O que é a Aliança Edênica?

Resposta


A Aliança Edênica é a aliança que Deus fez com Adão no Jardim do Éden. Essa aliança também é às vezes chamada de “Aliança das Obras” e é a primeira aliança que Deus fez diretamente com o homem.

Nas Escrituras, vemos dois tipos diferentes de alianças que Deus faz com as pessoas. Algumas são alianças incondicionais, que Deus manterá independentemente das ações humanas. Outras são condicionais porque o povo deve obedecer aos termos da aliança a fim de receber as promessas relacionadas a ela. A Aliança Edênica é um exemplo de aliança condicional porque Adão era obrigado a obedecer aos termos da aliança para não sofrer as consequências de quebrá-la.

A Aliança Edênica, ou Aliança das Obras, pode ser encontrada nos capítulos iniciais de Gênesis, onde Deus faz algumas promessas condicionais a Adão. A Aliança Edênica não é explicitamente chamada de aliança em Gênesis; no entanto, é mais tarde referida como tal em Oseias 6:7: “Mas eles transgrediram a aliança, como Adão; eles se portaram aleivosamente contra mim.”

Embora alguns teólogos listem até seis obrigações diferentes que Adão devia cumprir, o cerne da Aliança Edênica é realmente o mandamento de Deus para Adão não comer “da árvore do conhecimento do bem e do mal” (Gênesis 2:16-17 ). Esse comando estabelece a promessa de Deus, bem como a penalidade se Adão desobedecer.

Na Aliança Edênica, Deus promete a Adão vida e bênção, mas essa promessa é condicional à obediência de Adão ao mandamento de Deus de não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal (Gênesis 2:16-17). A penalidade de Adão pela desobediência seria a morte física e espiritual, bem como uma maldição no solo, de modo que Adão teria que trabalhar mais para cultivar. Um dos resultados do pecado de Adão foi que ele teria que labutar todos os seus dias até sua morte (Gênesis 4:17-19).

Esta aliança desempenha um papel importante no desdobramento do plano de redenção de Deus, pois mostra a incapacidade dos humanos de manterem um relacionamento correto com Deus, mesmo quando estão no paraíso terrestre que Deus criou para eles.

O pecado de Adão quebrou esta aliança condicional com Deus e deixou a humanidade em um estado decaído, mas Deus logo faria uma segunda aliança incondicional de redenção com Adão e Eva (Gênesis 3:14-24). Como a Aliança Edênica, esta não é explicitamente referida como uma aliança em Gênesis, mas é uma promessa significativa que Deus fez à humanidade. É a primeira promessa de redenção e a primeira promessa da vinda de Cristo (Gênesis 3:15). Aqui, apenas no terceiro capítulo deste livro notável, Deus já está nos dando a esperança de um Redentor. Gênesis 3:15 às vezes é chamado de protoevangelho, o primeiro anúncio do evangelho nas Escrituras. A promessa de Deus a Eva de que a semente da serpente machucaria o calcanhar do descendente de Eva (Cristo), mas esse, por sua vez, machucaria a cabeça da semente da serpente, é a predição de que Satanás feriria Cristo na cruz, mas que Cristo triunfaria sobre Satanás na mesma cruz.

Tanto a Aliança Edênica quanto a Aliança de Redenção que se seguem são importantes por várias razões. Em primeiro lugar, elas estabelecem um padrão a ser repetido em todas as Escrituras: 1) o homem peca, 2) Deus julga o pecado e 3) Deus concede graça e misericórdia ao fornecer uma maneira de redimir o homem e restaurar o Seu relacionamento com ele. Em segundo lugar, as alianças nos mostram que o pecado sempre tem consequências. Compreender as diferentes alianças do Antigo Testamento e sua relação umas com as outras é importante para compreender a relação de aliança que Deus tem com Seu povo escolhido, bem como Seu plano de redenção conforme revelado nas Escrituras.

English



Voltar à página principal em português

O que é a Aliança Edênica?
Assine a

Pergunta da Semana

Comparte esta página: Facebook icon Twitter icon Pinterest icon Email icon
© Copyright Got Questions Ministries