Como devo lidar com a minha sogra?



Pergunta: "Como devo lidar com a minha sogra?"

Resposta:
Uma sogra intrometida que é exigente, controladora e que interfere na vida de seu filho ou filha e nora ou genro é o que a Bíblia chama de "intrigante" (1 Timóteo 5: 13). O significado da palavra grega traduzida como "intrigante" na passagem de 1 Timóteo significa "auto-nomeado superintendente nos assuntos de outras pessoas." Fiscalizar é o que algumas sogras fazem, ou pelo menos de que são acusadas. Esse tipo de comportamento é irritante, frustrante e contrário ao plano de Deus para a família.

Obviamente, a dinâmica em tal situação é bem frustrante. A sogra pode fazer essas coisas porque ninguém mais na família tem dado-lhe limites. Portanto, ela se torna uma "mandona autoritária". Talvez nem sequer perceba quão intrusiva e controladora seja, pensando apenas que está sendo "amorosa". Se for esse o caso, talvez uma conversa de coração para coração limpe o ar. Se ela não entender o que está fazendo e, mesmo depois de receber o pedido para que pare, ainda continua repetindo o comportamento, então não há nada que se possa fazer para alterar isso.

Independentemente de qual lado da família a interferência venha, é uma agressão contra a santidade do casamento e viola a ordem de "deixar e unir-se" dada por Deus para o casamento (Gênesis 2:23-24). Um homem e uma mulher deixam suas famílias de nascimento para começarem uma nova família, e eles devem amar e proteger uns aos outros. Um marido que permite que a sua mãe ou sogra interfira com o seu casamento não está vivendo de acordo com o mandamento dado aos maridos em Efésios 5:25-33. Limites precisam ser definidos e, em seguida, mantidos, independentemente da resistência encontrada. A realidade é que as pessoas nos tratam da maneira que permitimos que nos tratem. Se permitimos que atropelem a santidade da nossa família, então é isso o que vão fazer. Ninguém, nem mesmo a nossa família, tem o direito de invadir a privacidade da nossa casa, e é da responsabilidade do marido proteger essa privacidade. Ele deve assumir a liderança suavemente, mas com firmeza, explicando para a sua sogra que o que ela está fazendo é errado e assegurando-lhe de que tal comportamento não pode ser tolerado. Ele deve lembrar a ela que Deus deu ao marido a responsabilidade de cuidar da sua família e que abrir mão dessa responsabilidade é desobedecer a Deus. Ele também deve garantir-lhe que ele e sua esposa ainda a amam, mas que a relação mudou e que ele está no comando agora. Esse é o projeto de Deus para a família, e assim será. Em seguida, o casal deve manter-se firme na sua determinação.

O que podemos fazer em relação a reagir a uma sogra intrometida? Podemos fazer a escolha de não deixá-la tirar a nossa paz de espírito. Talvez não sejamos capazes de mudar a forma como os outros se comportam, mas como respondemos ao seu comportamento é a nossa escolha. Podemos permitir que as ações de outras pessoas mexam conosco, ou podemos optar por entregar isso nas mãos de Deus e permitir que Ele use isso para nos fortalecer espiritualmente. É a nossa própria resposta a este tipo de situação que alimenta a nossa frustração. Só nós podemos parar de nos desgastar emocionalmente quando permitimos que as ações de uma sogra intrometida tirem a nossa própria paz. O seu comportamento não é a nossa responsabilidade; a nossa resposta é.

Nossos pais e os pais do nosso cônjuge devem ser tratados com respeito e amor, mas não devemos permitir que nossas emoções nos emaranhem. A melhor maneira de desengatar um inimigo é fazer dele um aliado. Isto é feito através da graça de Deus. Os cristãos sempre podem dar a graça do perdão (Efésios 4:32). Talvez a sogra não deixe de interferir, mas esse comportamento vai ser uma fonte de força e paz (Efésios 6:11-17). O único lugar para encontrar a verdadeira paz do coração está em um relacionamento pessoal com Deus através de Cristo. Só então poderemos responder e descansar em Sua paz.


Voltar à página principal em português

Como devo lidar com a minha sogra?