É errado ter imagens de anjo?



Pergunta: "É errado ter imagens de anjo?"

Resposta:
Não há nada de errado com as imagens de anjos em si. Como se enxerga essas imagens é o que determina se há algo errado. A única razão por que essas imagens seriam erradas seria se uma pessoa as idolatrasse, orasse a elas ou as adorasse - o que Deus proíbe (1 Samuel 12:21). Nós não adoramos anjos ou imagens de anjos. Só Deus é digno de adoração (Salmo 99:5, Lucas 4:8), e devemos confiar apenas em Deus (Salmo 9:10). A Bíblia fala fortemente contra imagens religiosas. Como resultado, os cristãos devem ter muito cuidado em não permitir que uma imagem, seja uma estatueta de anjo, uma imagem de Jesus, presépio, etc., torne-se uma armadilha ou distração.

Embora não haja nada de pecaminoso em ter imagens que representem os anjos ou qualquer outra criatura, não se deve atribuir-lhes qualquer poder sobrenatural ou influência sobre nossas vidas. Nenhuma estatueta pode nos proteger do mal, trazer-nos boa sorte ou nos influenciar de forma alguma. Tais crenças são mera superstição, o que não deve fazer parte da vida de um cristão. Relacionada à superstição é idolatria, e idolatria é claramente proibida nas Escrituras - ninguém que a pratica vai entrar no Reino de Deus (Apocalipse 21:27).

Além disso, é prudente reconhecer que não sabemos como os anjos realmente são. Essas imagens são apenas a ideia de alguém quanto a como um anjo talvez se pareça.


Voltar à página principal em português

É errado ter imagens de anjo?