Quem é o falso profeta do fim dos tempos?



Pergunta: "Quem é o falso profeta do fim dos tempos?"

Resposta:
O falso profeta do fim dos tempos é descrito em Apocalipse 13:11-15. Ele também é conhecido como a "segunda besta" (Apocalipse 16:13, 19:20, 20:10). O falso profeta é o terceiro na trindade profana, juntamente com o Anticristo e Satanás, o qual capacita os outros dois.

O apóstolo João descreve essa pessoa e dá-nos pistas para identificá-lo quando ele aparecer. Primeiro, ele surge da terra. Isto pode significar que surge das profundezas do inferno com todos os poderes demoníacos do inferno sob o seu comando. Isso também pode significar que surge de circunstâncias humildes, secretas e desconhecidas até aparecer no palco mundial na mão direita do Anticristo. Ele é retratado como tendo chifres como um cordeiro e como falando como um dragão. Os chifres de cordeiros são apenas pequenas protuberâncias em suas cabeças até o cordeiro crescer em um carneiro. Ao invés de ter a multiplicidade de cabeças e chifres do Anticristo, mostrando o seu poder, força e ferocidade, o falso profeta vem como um cordeiro, de forma cativante, com palavras persuasivas que atraem a simpatia e boa vontade dos outros. Ele pode ser um extraordinário pregador ou orador cujas palavras demonicamente fortalecidas vão enganar as multidões. Entretanto, ele fala como um dragão, o que significa que sua mensagem é a mensagem de um dragão. Apocalipse 12:9 identifica o dragão como o diabo e Satanás.

O versículo 12 nos dá a missão do falso profeta na terra - forçar a humanidade a adorar o Anticristo. Ele tem toda a autoridade do Anticristo porque, como ele, o falso profeta tem o poder de Satanás. Não está claro se as pessoas são forçadas a adorar o Anticristo ou se são tão encantadas com esses seres poderosos que caem ao engano e o adoram de bom grado. O fato de que a segunda besta usa sinais e prodígios, incluindo fogo do céu, para estabelecer a credibilidade de ambos parece indicar que as pessoas vão cair diante deles em adoração do seu poder e mensagem. O versículo 14 diz que o engano será tão grande que as pessoas vão criar um ídolo para o Anticristo e adorá-lo. Isso lembra a enorme imagem de ouro de Nabucodonosor (Daniel 3), diante da qual todos deviam se curvar e prestar homenagem. Apocalipse 14:9-11, no entanto, descreve o destino medonho que aguarda aqueles que adoram a imagem do Anticristo.

Aqueles que sobrevivem aos horrores da Tribulação até este ponto enfrentarão duas escolhas difíceis. Aqueles que se recusam a adorar a imagem da besta estarão sujeitos à morte (v. 15), mas aqueles que o adoram vão sofrer a ira de Deus. A imagem será extraordinária porque será capaz de "falar". Isso não significa que ela terá vida – a palavra grega aqui é pneuma, o que que significa "respiração" ou "corrente" de ar, não a palavra bios ("vida ") - mas que terá algum tipo de capacidade de transmitir a mensagem do Anticristo e do falso profeta. Além de ser o porta-voz deles, a imagem também vai condenar à morte aqueles que se recusam a adorar o par profano. Em nosso mundo tecnológico, não é difícil imaginar um cenário como esse.

Quem quer que esse falso profeta seja, a decepção final mundial e a apostasia final serão grandes, e todo o mundo fará parte. Os enganadores e falsos mestres que vemos hoje são os precursores do Anticristo e do falso profeta, e não devemos ser enganados por eles. Esses falsos mestres são muitos e estão nos movendo na direção de um reino final satânico. Devemos proclamar fielmente o Evangelho salvador de Jesus Cristo e resgatar as almas dos homens e mulheres desse desastre iminente.


Voltar à página principal em português

Quem é o falso profeta do fim dos tempos?