É importante dar a uma criança uma educação cristã?



Pergunta: "É importante dar a uma criança uma educação cristã?"

Resposta:
Para os crentes em Jesus Cristo, a questão de se uma educação cristã é importante ou não parece óbvia. A resposta seria um enfático "Sim!". Então, por que a pergunta? É porque a questão vem de uma miríade de perspectivas dentro da fé cristã. Talvez a pergunta deveria ser: "quem é responsável por introduzir o meu filho ao Cristianismo?" Ou "deve a educação do meu filho ser feita em um sistema público, privado ou em casa?" Há muitas opiniões sobre este tema, algumas defendidas firmemente e indefinidamente e emocionalmente debatidas.

Ao começarmos a procurar uma perspectiva bíblica, chegamos à passagem definitiva do Antigo Testamento sobre a educação de crianças, encontrada em Deuteronômio 6:5-8 : "Amarás, pois, o SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de toda a tua força. Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te. Também as atarás como sinal na tua mão, e te serão por frontal entre os olhos." A história dos hebreus revela que o pai devia ser diligente em instruir os seus filhos nos caminhos e palavras do Senhor para o seu próprio desenvolvimento espiritual e bem-estar. A mensagem nesta passagem é repetida no Novo Testamento, onde Paulo exorta os pais a educarem os filhos na "disciplina e admoestação do Senhor" (Efésios 6:4). Provérbios 22:6 diz-nos também: "Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele." O treinamento inclui não apenas a educação formal, mas também as primeiras instruções que os pais dão a uma criança, ou seja, a sua primeira educação. Esta formação destina-se a plantar a criança firmemente na fundação sobre a qual a sua vida se baseia.

À medida que avançamos para o tema da educação formal, no entanto, há mal-entendidos que precisam ser abordados. Em primeiro lugar, Deus não está dizendo que só os pais devem educar os filhos, como muitos afirmam, e, em segundo lugar, Ele não está dizendo que a educação pública é ruim e que devemos educar os nossos filhos apenas em escolas cristãs ou em casa. O princípio encontrado em toda a Escritura é o da responsabilidade final. Deus nunca dirige os pais a evitar a educação fora de casa. Então, dizer que o único método "bíblico" da educação formal é em casa ou em escolas cristãs seria adicionar à Palavra de Deus, e queremos evitar o uso da Bíblia para validar as nossas próprias opiniões. Exatamente o oposto é verdadeiro: queremos basear as nossas opiniões na Bíblia. Também queremos evitar o argumento de que apenas os professores "treinados" são capazes de educar as nossas crianças. Mais uma vez, a questão é a de responsabilidade final, que pertence aos pais.

A questão nas Escrituras não é o tipo de educação geral que as nossas crianças recebem, mas através de qual paradigma essa informação deve ser filtrada. Por exemplo, um que estuda em casa pode receber uma educação "cristã", mas falhar na vida por não realmente conhecer o Deus da Bíblia e não realmente entender os princípios bíblicos. Da mesma forma, uma criança educada no sistema público pode crescer e entender as falácias da sabedoria do mundo ao ver o seu fracasso de acordo com a Palavra de Deus, que tem sido diligentemente ensinada em casa. As informações estão sendo filtradas por uma lente bíblica em ambos os casos, mas a verdadeira compreensão espiritual só existe no segundo. Da mesma forma, um aluno pode frequentar uma escola cristã, mas nunca crescer e conhecer a Deus em um relacionamento pessoal íntimo. Em última análise, os pais são os responsáveis pela formação da criança de uma maneira que irá realizar a verdadeira educação espiritual.

Em Hebreus 10:25, Deus dá aos cristãos a ordem: "Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns; antes, façamos admoestações e tanto mais quanto vedes que o Dia se aproxima." O corpo de Cristo é uma parte integrante da educação das crianças, ajudando os pais a nutrir e educá-las em assuntos espirituais. A exposição a algo fora da estrutura familiar - neste caso, o ensino bíblico sólido da igreja e escola dominical - é algo bom e necessário.

Assim, independentemente do tipo de instituição escolar escolhido, os pais são responsáveis pela educação espiritual de seus filhos. Um professor cristão pode estar errado, um pastor e professor de escola dominical podem estar errados, e os pais podem estar errados em qualquer ponto teológico particular. Assim, ao ensinarmos coisas espirituais aos nossos filhos, eles precisam entender que a única fonte de verdade absoluta é a Escritura (2 Timóteo 3:16). Portanto, talvez a lição mais importante que possamos ensinar aos nossos filhos é seguir o exemplo dos bereanos: "examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim" (Atos 17:11) e para testar todas as coisas que escutavam - qualquer que fosse a fonte - com a Palavra de Deus (1 Tessalonicenses 5:21).


Voltar à página principal em português

É importante dar a uma criança uma educação cristã?