Eu sou uma Testemunha de Jeová. Por que devo pensar em me tornar um cristão?



Pergunta: "Eu sou uma Testemunha de Jeová. Por que devo pensar em me tornar um cristão?"



Resposta:


Talvez a semelhança mais importante entre os cristãos evangélicos e Testemunhas de Jeová seja a nossa crença e confiança na Bíblia como a autoridade final inspirada por Deus sobre questões relacionadas a Deus e Suas expectativas para nós. Embora possamos entender as coisas de forma diferente, as Testemunhas de Jeová devem ser altamente elogiadas por sua dependência e diligência no estudo das Sagradas Escrituras para conhecer a Deus e Sua vontade. Como os bereanos, seria sensato de nossa parte examinar todas as coisas da vida à luz das Escrituras. Para esse fim, examinaremos alguns versículos da Tradução do Novo Mundo para esclarecer alguns mal-entendidos comuns.

O nome de Deus

Os cristãos recebem esse nome por serem seguidores e adoradores de Jesus Cristo, sendo chamados pela primeira vez de "cristãos" em Antioquia, durante o ministério de Paulo (Atos 11:26). Paulo repetidamente deixou claro que ser cristão era ser uma testemunha diante dos homens sobre a pessoa, palavras e obras de Cristo. As Testemunhas de Jeová, por outro lado, acreditam que devemos concentrar a nossa adoração exclusivamente em Deus Pai (que é muitas vezes mencionado na Bíblia como "Jeová"). O nome "Jeová", no entanto, era um nome híbrido criado pelos cristãos ao adicionarem vogais para o tetragrama "YHWH", que era a tradução original do que hoje conhecemos como "Yahweh" em hebraico e "Jeová" no grego. Os cristãos evangélicos entendem que Jesus é Deus em toda a Sua plenitude, iguais em divindade, mas diferentes em função. Os cristãos reconhecem que um dos nomes de Deus Pai é o Senhor; no entanto, existem muitos outros nomes e títulos que as Escrituras usam em referência a Deus Pai.

As Testemunhas de Jeová entendem que Jesus é o Arcanjo Miguel e negam categoricamente a Sua divindade. Como veremos, se entendermos que Jesus é outra coisa senão Deus, muitos versículos apresentam contradições óbvias. No entanto, sabemos que a Palavra de Deus é infalível e não se contradiz. Portanto, devemos entender a sua verdade de uma forma que seja consistente e fiel à Sua revelação. Você vai notar que esses mesmos versículos não têm qualquer contradição se entendermos que Jesus é o Filho de Deus - a plenitude de Deus em forma corpórea – que abriu mão dos Seus direitos para ser o servo sofredor e o sacrifício pelos nossos pecados. (Todos os versículos foram citados diretamente da tradução do Novo Mundo usada pelas Testemunhas de Jeová. Grifo em negrito nosso.)

Glória de Deus

(Versículos a respeito de Deus Pai)

Isaías 42:8 "Eu sou Jeová. Este é meu nome; e a minha própria glória não darei a outrem, nem o meu louvor a imagens entalhadas."

Isaías 48:11 "... E a minha própria glória não darei a outrem."

(Versículos sobre Jesus)

João 8:54 "... É meu Pai quem me glorifica, aquele que dizeis ser vosso Deus"

João 16:14 "Esse me glorificará..."

João 17:1 "...Pai, veio a hora; glorifica o teu filho..."

João 17:5 "De modo que agora, Pai, glorifica-me junto de ti com a glória que eu tive junto de ti antes de haver o mundo."

Filipenses 2:10 "a fim de que, no nome de Jesus, se dobre todo joelho dos no céu, e dos na terra, e dos debaixo do chão"

Hebreus 5:5 "Assim, também, o Cristo não se glorificou a si mesmo por se tornar sumo sacerdote, [foi glorificado por aquele] que falou com referência a ele: ‘Tu és meu filho; hoje eu me tornei teu pai.’"

O Salvador

(Sobre o Pai)

Isaías 43:3 “Porque eu sou Jeová, teu Deus, o Santo de Israel, teu Salvador”

Isaías 43:11 “Eu é que sou Jeová, e além de mim não há salvador”

Isaías 45:21 “Não fui eu, Jeová, além de quem não há outro Deus; Deus justo e Salvador, não havendo outro além de mim?”

(Sobre Jesus)

Lucas 2:11 “porque hoje vos nasceu na cidade de Davi um Salvador, que é Cristo, [o] Senhor…”

Atos 13:23 “Da descendência deste [homem], segundo a sua promessa, Deus trouxe a Israel um salvador, Jesus.”

Tito 1:4 “…Haja benignidade imerecida e paz da parte de Deus, [o] Pai, e de Cristo Jesus, nosso Salvador.”

No nome de quem devemos ter fé?

(dito sobre Jesus ou por Jesus)

João 14:12 “Digo-vos em toda a verdade: Quem exercer fé em mim, esse fará também as obras que eu faço.…”

Atos 4:12 “Outrossim, não há salvação em nenhum outro, pois não há outro nome debaixo do céu, que tenha sido dado entre os homens, pelo qual tenhamos de ser salvos.”

Atos 26:18 “…e uma herança entre os santificados pela [sua] fé em mim.”

Revelação 2:13 "Sei onde estás morando, isto é, onde está o trono de Satanás; contudo, persistes em apegar-te ao meu nome e não negaste a tua fé em mim..."

João 20:28 "Em resposta, Tomé disse-lhe: ‘Meu Senhor e meu Deus!’"

João 20:31 "Mas, estes foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e que, por crerdes, tenhais vida por meio do seu nome."

Atos 2:38 "Pedro [disse] a eles: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado no nome de Jesus Cristo…"

1 João 3:23 "Deveras, este é o seu mandamento, que tenhamos fé no nome do seu Filho Jesus Cristo…"

Criado ou Criador?

As Testemunhas de Jeová ensinam que Jeová criou Jesus como um anjo e que Jesus, então, criou todas as outras coisas. O que dizem as Escrituras?

(Sobre o Pai)

Isaías 66:2 "Ora, todas estas coisas foram feitas pela minha própria mão, de modo que todas elas vieram a existir…"

Isaías 44:24 "...“Eu, Jeová, faço tudo, estendendo os céus por mim mesmo..."

(Sobre Jesus)

João 1:3 “Todas as coisas vieram à existência por intermédio dele, e à parte dele nem mesmo uma só coisa veio à existência. O que veio à existência.” Se todas as coisas vieram à existência por meio de Jesus, então Ele não poderia ter sido criado porque está incluído em "todas as coisas".

Status, Nomes e Títulos de Jesus e Jeová

Isaías 9:6 "Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; e o domínio principesco virá a estar sobre o seu ombro. E será chamado pelo nome de Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz."

Revelação 1:8 "‘Eu sou o Alfa e o Ômega’, diz Jeová Deus, ‘Aquele que é, e que era, e que vem, o Todo-poderoso.’"

Revelação 1:17-18 "… Eu sou o Primeiro e o Último, e o vivente; e fiquei morto, mas, eis que vivo para todo o sempre, e tenho as chaves da morte e do Hades.’"

Revelação 2:8 "Estas coisas diz aquele, ‘o Primeiro e o Último’, que ficou morto e passou a viver [novamente]..."

Revelação 22:12-16 “Eis que venho depressa, e a recompensa que dou está comigo, para dar a cada um conforme a sua obra. Eu sou o Alfa e o Ômega, o primeiro e o último, o princípio e o fim. Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos dar testemunho destas coisas para as congregações. Eu sou a raiz e a descendência de Davi, e a resplandecente estrela da manhã."

Revelação 21:6-7 “Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A todo aquele que tiver sede darei gratuitamente da fonte da água da vida. Todo aquele que vencer herdará estas coisas, e eu serei o seu Deus e ele será o meu filho.” Se Jeová é o Alfa e o Ômega (a primeira e a última letra grega), então o "primeiro e o último" deve referir-se a Jeová, assim as Testemunhas afirmam. Mas quando Jeová morreu? O único "primeiro e último" que morreu e viveu de novo é Jesus.

Hebreus 1:13 “Mas, com referência a qual dos anjos disse ele alguma vez: ‘Senta-te à minha direita, até que eu ponha os teus inimigos como escabelo para os teus pés?’”

Verdade e Unidade

A expiação substitutiva de Jesus foi aceita por uma razão: Deus só aceita a Sua própria justiça. A justiça de um homem ou um anjo é insuficiente porque não pode satisfazer o padrão santo e perfeito da justa lei de Deus. Jesus foi o único sacrifício adequado porque Ele era a justiça de Deus, e como a lei de Deus exigia que sangue fosse derramado, Jesus se fez carne para que pudesse ser um resgate para todos os que creem no Seu nome.

Observe que se entendermos que Jesus é Deus encarnado, então todos os versículos acima podem ser entendidos como verdadeiros e coerentes entre si em suas reivindicações. Podem também ser compreendidos claramente no seu sentido simples e literal. No entanto, se tentarmos sugerir que Jesus é algo menos do que Deus - o arcanjo Miguel - então estes versículos são mutuamente exclusivos e não podem ser todos verdadeiros quando tomados em seu contexto natural. Portanto, a verdade da Palavra de Deus exige que cheguemos a um entendimento em que toda a Escritura é unificada, interconectada, interdependente, inerrante e verdadeira. Essa verdade unificadora só pode ser encontrada na pessoa e na divindade de Jesus Cristo. Que possamos ver a verdade revelada nas Escrituras como ela é, não como cada um de nós gostaria que fosse, e que Deus possa receber toda a glória.

Se você tiver alguma dúvida sobre Jesus como Deus encarnado, por favor, pergunte-nos. Se você estiver pronto para colocar a sua confiança neste Deus encarnado Jesus, você pode falar as seguintes palavras a Deus: "Deus Pai, sei que sou um pecador e que sou digno da Tua ira. Reconheço e creio que Jesus é Deus e que, por isso, Ele é o único Salvador. Coloco a minha confiança apenas em Jesus para me salvar. Deus Pai, por favor, me perdoe, purifique e me transforme. Obrigado por Tua maravilhosa graça e misericórdia!"

Você tomou uma decisão por Cristo por causa do que você leu aqui? Se sim, por favor clique no botão "Aceitei Cristo Hoje" abaixo.


Voltar à página principal em português

Eu sou uma Testemunha de Jeová. Por que devo pensar em me tornar um cristão?