www.GotQuestions.org/Portugues



Pergunta: "Algum aspectos da profecia do fim dos tempos já foram cumpridos?"

Resposta:
Apocalipse 4:1 apresenta uma seção da Escritura que detalha "coisas que depois destas devem acontecer." O que segue são profecias do "fim dos tempos". Ainda não atingimos a tribulação, a revelação do Anticristo ou outro evento do "fim dos tempos". O que vemos é uma "preparação" para esses eventos.

Jesus disse que os últimos dias seriam precedidos por várias coisas: muitos falsos Cristos viriam, enganando a muitos; escutaríamos "falar de guerras e rumores de guerras"; e haveria um aumento de "fomes e terremotos em vários. Mas todas essas coisas são o princípio das dores" (Mateus 24:5-8). As notícias de hoje estão cheias de falsas religiões, guerras e desastres naturais. Sabemos que os eventos do período de tribulação incluirão tudo o que Jesus predisse (Apocalipse 6:1-8); os eventos atuais parecem ser uma preparação para os maiores problemas à frente.

Paulo advertiu que os últimos dias trariam um aumento acentuado nos falsos ensinamentos. "Em tempos posteriores alguns apostatarão da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios" (1 Timóteo 4:1). Os últimos dias são descritos como "tempos difíceis" por causa do caráter cada vez mais perverso do homem e por causa de pessoas que ativamente "resistem à verdade" (2 Timóteo 3:1-9; veja também 2 Tessalonicenses 2:3). A lista de coisas que os homens serão nos últimos dias - amantes de si mesmos, amantes do dinheiro, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, profanos, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, sem autodomínio, brutais, não amantes do bem, traiçoeiros, imprudentes, vaidosos, amantes do prazer em vez de amantes de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder (2 Timóteo 3:1-2) - parece se encaixar exatamente com a nossa era moderna.

Pode haver qualquer dúvida de que as profecias sobre a apostasia estão sendo cumpridas? O nosso mundo do século 21 tem adotado o relativismo moral, uma filosofia que está contaminando até a igreja. Por exemplo, muitas denominações estão tendo dificuldade em definir o casamento como sendo entre um homem e uma mulher, e muitos líderes religiosos hoje estão abertamente apoiando a homossexualidade. A Bíblia tornou-se subordinada à procura da igreja moderna de uma "verdade" mais atraente. Estes são de fato "tempos difíceis" espiritualmente.

A formação da União Europeia - e o fato de que temos uma Alemanha reunificada - é muito interessante à luz da profecia bíblica. Os "dez dedos" de Daniel 2:42 e as bestas de dez chifres de Daniel 7:20 e Apocalipse 13:1 são referências a um "renascido" Império Romano que deterá o poder antes do retorno de Cristo. Embora a estrutura política precisa ainda tenha de ser formada, pode-se ver as peças se encaixando.

Em 1948, Israel foi reconhecida como um Estado soberano, e isso também tem ramificações para o estudante das Escrituras. Deus prometeu a Abraão que sua posteridade possuiria Canaã como "perpétua possessão" (Gênesis 17:8) e Ezequiel profetizou uma ressurreição física e espiritual de Israel (Ezequiel 37). Ter Israel como uma nação em sua própria terra é importante à luz das profecias do fim dos tempos por causa da proeminência de Israel na escatologia (Daniel 10:14, 11:41, Apocalipse 11:8).

Embora não haja prova bíblica de que as coisas mencionadas acima sejam o cumprimento de determinadas profecias do final dos tempos, podemos ver quantos desses eventos são semelhantes ao que a Bíblia descreve. Em qualquer caso, devemos estar atentos a estes sinais porque Jesus nos disse que o dia do Senhor – o Seu retorno pelos que lhe pertencem - viria como um ladrão na noite (2 Pedro 3:10), inesperado e sem aviso prévio. "Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que hão de acontecer, e estar em pé na presença do Filho do homem" (Lucas 21:36).

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.