www.GotQuestions.org/Portugues



Pergunta: "Qual é o significado do louvor cristão?"

Resposta:
O significado da palavra grega do Novo Testamento na maioria das vezes traduzida como "adoração" (proskuneo) é "prostrar-se diante" ou "curvar-se diante". A adoração é uma atitude do espírito. Já que é uma ação interna e individual, os cristãos adoram o tempo todo, sete dias por semana. Quando os cristãos se reúnem formalmente em adoração, a ênfase ainda deve estar em individualmente adorar o Senhor. Mesmo como parte de uma congregação, cada participante precisa estar ciente de que está adorando a Deus numa base individual.

A natureza do louvor cristão é de dentro para fora e tem duas qualidades igualmente importantes. Devemos adorar "em espírito e em verdade" (João 4:23-24). Adorar no espírito não tem nada a ver com a nossa postura física, mas com o nosso ser mais profundo e exige várias coisas. Primeiro, devemos nascer de novo. Sem o Espírito Santo residindo em nós, não podemos responder a Deus em adoração porque não o conhecemos. "Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus" (1 Coríntios 2:11 b). O Espírito Santo dentro de nós é quem energiza a adoração porque Ele está, em essência, glorificando a Si mesmo, e toda a adoração verdadeira glorifica a Deus.

Em segundo lugar, adorar em espírito requer uma mente centrada em Deus e renovada pela verdade. Paulo nos exorta a "apresentar os vossos corpos como um sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não vos conformeis a este mundo, mas transformai-vos pela renovação da vossa mente" (Romanos 12:1b, 2b). Só quando nossas mentes são transformadas de estarem focalizadas nas coisas do mundo para estarem focalizadas em Deus é que podemos adorar em espírito. Distrações de vários tipos podem inundar as nossas mentes à medida que tentamos louvar e glorificar a Deus, impedindo a nossa verdadeira adoração.

Em terceiro lugar, só podemos adorar em espírito quando temos um coração puro, aberto e arrependido. Quando o coração do rei Davi se encheu de culpa pelo seu pecado com Bate-Seba (2 Samuel 11), ele achou impossível adorar. Ele se sentia como se Deus estivesse longe dele, e "bramiu durante o o dia todo", sentindo a mão pesada de Deus sobre ele (Salmo 32:3, 4). Entretanto, ao confessar o seu pecado, a comunhão com Deus foi restaurada e adoração e louvor jorraram do seu ser. Ele entendeu que "O sacrifício aceitável a Deus é o espírito quebrantado; ao coração quebrantado e contrito" (Salmo 51:17). Louvor e adoração a Deus não podem vir de corações cheios de pecado ainda não confessados.

A segunda qualidade da verdadeira adoração é que seja feita "em verdade". Toda adoração é uma resposta à verdade, e o que poderia ser um melhor indicador da verdade do que a Palavra de Deus? Jesus disse ao Pai: "A tua palavra é a verdade" (João 17:17b). Salmo 119 diz: "Tua lei é a verdade" (v. 142b) e "A tua palavra é verdade" (v. 160a). Para realmente adorar a Deus, devemos entender quem Ele é e o que fez, e a Bíblia é o único lugar onde Ele completamente Se revelou. A adoração é uma expressão de louvor das profundezas de nosso coração para com um Deus que é compreendido através da Sua Palavra. Se não tivermos a verdade da Bíblia, não conhecemos a Deus e não podemos realmente adorá-lo.

Já que as ações externas são secundárias no culto cristão, não há nenhuma regra sobre se devemos sentar, levantar, cair, ficar quieto ou cantar louvores em voz alta enquanto na adoração corporativa. Estas coisas devem ser decididas com base na natureza da congregação. A coisa mais importante é que adoremos a Deus em espírito (em nossos corações) e em verdade (em nossas mentes.)

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.