www.GotQuestions.org/Portugues



Pergunta: "Tenho que confessar o meu adultério ao meu cônjuge?"

Resposta:
Confessar ou não o pecado do adultério ao cônjuge é um dilema para muitos cristãos que tiveram a infeliz experiência de sucumbir ao adultério. Os "especialistas" mundanos geralmente incentivam os adúlteros a manterem a boca fechada sobre as suas infidelidades, proclamando que pior dano será feito pela confissão. O problema é que esse comportamento sufoca a própria consciência e não permite a restauração das relações que a confissão se destina a abranger. Tiago 5:16 diz: "Confessai, pois, os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros, para serdes curados. Muito pode, por sua eficácia, a súplica do justo."

O apóstolo Paulo sabiamente declarou: "Por isso, também me esforço por ter sempre consciência pura diante de Deus e dos homens" (Atos 24:16). Embora o adultério seja um pecado primeiramente contra Deus, a Bíblia também diz que os nossos corpos não pertencem a nós mesmos, mas também ao nosso cônjuge (1 Coríntios 7:4). O ato físico do sexo é o símbolo da forma em que um casal torna-se uma só carne quando Deus os une em casamento (1 Coríntios 6:15-16). Por estas razões, uma pessoa que tenha cometido adultério deve orar e permitir que o Espírito Santo a guie a confessar a infidelidade no momento apropriado.

A consciência culpada não vai embora simplesmente porque estamos tentando ignorá-la. Pode, de fato, levar a problemas psicológicos e até mesmo físicos. Por mais difícil que seja confessar ao seu marido ou esposa que você tem sido infiel, esse passo é necessário não só pela integridade do casamento, mas também pela sua relação com Deus, para que a sua consciência fique limpa e para que você possa então viver uma vida santa e irrepreensível.

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.