www.GotQuestions.org/Portugues



Pergunta: "É o diabo/Satanás uma pessoa ou uma força/personificação do mal?"

Resposta:
Embora tenha convencido muitas pessoas de que não exista, Satanás definitivamente é um ser real e pessoal, a fonte de toda incredulidade e de todo tipo de mal moral e espiritual do mundo. Ele é chamado por vários nomes na Bíblia, incluindo Satanás (que significa "adversário" - Jó 1:6, Romanos 16:20), o diabo (ou seja, "caluniador", Mateus 4:1, 1 Pedro 5:8), Lúcifer (Isaías 14:12), a serpente (2 Coríntios 11:3, Apocalipse 12:9) e muitos outros.

A existência de Satanás como um ser pessoal é provada pelo fato de que o Senhor Jesus Cristo reconheceu-o como tal. Jesus se referiu a ele com frequência pelo nome (por exemplo, Lucas 10:18, Mateus 4:10) e chamou-o de "o príncipe deste mundo" (João 12:31; 14:30, 16:11).

O apóstolo Paulo chamou Satanás de "deus deste mundo" (2 Coríntios 4:4) e "príncipe das potestades do ar" (Efésios 2:2). O apóstolo João disse: "o mundo inteiro jaz no Maligno" (1 João 5:19) e que Satanás "engana todo o mundo" (Apocalipse 12:9). Seria difícil ter essas descrições de uma força impessoal ou uma mera personificação do mal.

As Escrituras ensinam que antes do homem e do mundo serem criados, Deus havia criado "miríades de anjos" (Hebreus 12:22), um exército celestial de seres espirituais de grande força e inteligência. Os mais elevados desses seres são os querubins, os quais são assistentes no trono de Deus, e o "querubim ungido" era originalmente o próprio Satanás (Ezequiel 28:14). Ele era "cheio de sabedoria e perfeito em formosura."

No entanto, Deus não criou Satanás como um ser mau. Os anjos, como o homem, foram criados como espíritos livres, e não como máquinas irracionais. Eles foram totalmente capazes de rejeitar a vontade de Deus e se rebelar contra a Sua autoridade, se quisessem.

O pecado básico, tanto no homem quanto nos anjos, é o pecado gêmeo da incredulidade e orgulho. Satanás disse em seu coração: "Eu subirei ao céu; acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono; e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do norte; subirei acima das alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo" (Isaías 14:13,14). Novamente, estas não poderiam ser as ações ou motivações de uma força impessoal.

Jesus também nos falou de algumas das características de Satanás. Cristo disse que ele era um assassino desde o princípio, não se firmando na verdade porque não há verdade nele, e que mente quando fala porque a sua língua nativa é a de um mentiroso e pai da mentira (João 8:44).

É crucial que os cristãos reconheçam a realidade de Satanás e entendam que ele anda em derredor como leão que ruge procurando alguém para devorar (1 Pedro 5:8). É impossível vencer o pecado e a tentação do diabo por nós mesmos, mas a Escritura nos diz como ser forte. Precisamos nos vestir de toda a armadura de Deus e resistir à tentação (Efésios 6:13).

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.