www.GotQuestions.org/Portugues




Pergunta: "O que os pais devem dizer aos filhos sobre o Papai Noel?"

Resposta:
Embora o Papai Noel seja uma figura mítica, a sua criação é em parte baseada em um grande homem cristão chamado São Nicolau de Mira, o qual viveu no século 4. Nicolau nasceu de pais cristãos que o deixaram uma herança quando morreram, a qual ele distribuiu para os pobres. Ele tornou-se um sacerdote quando jovem e era bem conhecido por sua compaixão e generosidade. Ele tinha uma reputação de dar presentes de forma anônima, e jogava sacos de dinheiro nas casas das pessoas (e às vezes por suas chaminés) sob o manto da noite para evitar ser detectado.

Nicolau faleceu em 6 de dezembro por volta de 340 ou 350 DC e o dia de sua morte tornou-se uma festa anual em que as crianças preparavam-lhe comida e palha para o seu burro. Dizia-se que o santo descia do céu durante a noite e substituía as ofertas com brinquedos e guloseimas -- mas apenas para os bons meninos e meninas. Há muitas versões diferentes da lenda de São Nicolau, mas todas são a inspiração para o alegre doador de presentes que vestia um traje vermelho que hoje conhecemos como Papai Noel.

Muitos pais cristãos estão divididos quanto a se devem ou não participar dessa "brincadeira de Papai Noel" com os seus filhos. Por um lado, ele torna o Natal divertido e mágico, deixando recordações maravilhosas dessa época por muitos anos. Por outro lado, o foco do Natal deve ser em Jesus Cristo e o quanto Ele já nos deu. Então, é o conto sobre o Papai Noel uma adição inocente às festas de Natal ou é um assunto que deve ser evitado?

Os pais precisam usar o seu próprio julgamento para decidir se devem ou não incluir o Papai Noel às suas comemorações, mas aqui estão algumas coisas a se considerar: as crianças que acreditam que os presentes que recebem na manhã de Natal são de um homem mágico com recursos infindáveis são menos propensas a apreciarem o que lhes foi dado e os sacrifícios que os pais fizeram para fornecê-los. A ganância e o materialismo podem ofuscar a época de Natal, a qual é para ser de doação, amar e adorar a Deus. As crianças cujos pais estão com um orçamento apertado podem se sentir ignoradas pelo Papai Noel ou, pior ainda, considerar-se um dos meninos ou meninas "ruins".

Um aspecto ainda mais preocupante de dizer aos nossos filhos que o Papai Noel desce pela chaminé a cada ano para deixar os seus presentes é que isso é, obviamente, uma mentira. Vivemos em uma sociedade que acredita que mentir por uma "boa" razão é aceitável. Contanto que não machuque ninguém, não é um problema. Isto é o contrário do que a Bíblia nos diz. "Pois, quem quiser amar a vida e ver dias felizes, guarde a sua língua do mal e os seus lábios da falsidade" (1 Pedro 3:10). Claro que dizer aos nossos filhos que o Papai Noel é real não é um engano malicioso, mas é, mesmo assim, uma mentira.

Embora provavelmente não seja típico, algumas crianças honestamente se sentem enganadas e traídas por seus pais quando descobrem que o Papai Noel não é real. As crianças confiam que os seus pais lhes dirão a verdade, e é a nossa responsabilidade não quebrar essa confiança. Se fizermos isso, elas não acreditarão em coisas mais importantes que lhes dizemos, como a verdade sobre Cristo, uma vez que não também não podem vê-lo fisicamente.

Isso não significa que devamos completamente excluir o Papai Noel das comemorações natalinas. As crianças ainda podem participar da "brincadeira", mesmo se souberem que não é real. Elas podem fazer listas, sentar no colo dele no shopping e preparar biscoitos e leite na véspera de Natal. Isso não vai roubar-lhes a alegria da estação, e dá aos pais a oportunidade de contar a seus filhos sobre as qualidades piedosas do verdadeiro São Nicolau, o qual dedicou a sua vida a servir os outros e fez-se um exemplo vivo de Jesus Cristo.

© Copyright 2002-2014 Got Questions Ministries.