Deus escuta/responde às orações de um pecador/descrente?



Pergunta: "Deus escuta/responde às orações de um pecador/descrente?"

Resposta:
João 9:31 declara: "Sabemos que Deus não atende a pecadores; mas, pelo contrário, se alguém teme a Deus e pratica a sua vontade, a este atende." Também tem sido dito que "a única oração que Deus escuta de um pecador é a oração para salvação". Como resultado dessa passagem, alguns acreditam que Deus não escuta e/ou nunca vai responder às orações de um descrente. No entanto, no contexto, esse verso está dizendo que Deus não executa milagres através de um descrente. As passagens a seguir descrevem Deus escutando e respondendo às orações de um descrente. 1 João 5:14-15 nos diz que Deus responde a orações quando forem feitas de acordo com a Sua vontade. Esse princípio talvez se aplique a descrentes. Se um descrente fizer uma oração de acordo com a vontade Deus, nada impede que Deus responda a tal oração – de acordo com a Sua vontade.

Ao examinar as passagens a seguir, podemos ver que na maioria dos casos oração estava envolvida. Em um ou dois casos, Deus respondeu ao clamor do coração (não é claro se esse clamor foi direcionado a Deus). Em outros casos, a oração aparentava ser relacionada a arrependimento. Já em outros casos, a oração era simplesmente por uma necessidade ou benção terrena; e Deus respondeu ou por compaixão, ou em resposta à procura genuína ou fé da pessoa. Aqui são algumas passagens que lidam com a oração de um descrente:

O povo de Nínive orou para que fosse poupada (Jonas 3:5-10). Deus respondeu a esta oração e não destruiu a cidade de Nínive como tinha ameaçado.

Agar pediu a Deus que protegesse o seu filho Ismael (Gênesis 21:14-19). Deus não apenas protegeu Ismael, mas o abençoou muito.

Em 1 Reis 21:17-29, especialmente os versículos 27-29, Acabe jejua e lamenta pela profecia de Elias sobre a sua posteridade. Deus responde por não ter trazido a calamidade durante o tempo de Acabe.

A mulher gentia da região de Tiro e Sidom orou para que Jesus livrasse a sua filha de um demônio (Marcos 7:24-30). Jesus de fato expulsou o demônio dela.

O Apóstolo Pedro foi enviado em resposta a Cornélio, o centurião romano em Atos 10, ser um homem justo. Atos 10:2 diz-nos que Cornélio "orava continuamente a Deus".

Deus faz promessas que são aplicáveis a todos (crentes e descrentes), como Jeremias 29:13: "Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração." Esse foi o caso de Cornélio em Atos 10:1-6. No entanto, há várias promessas que, de acordo com o contexto, são apenas para os crentes. Porque os Cristãos têm recebido a Cristo, somos encorajados a nos achegar confiadamente junto ao trono da graça, a fim de recebermos graça para socorro em ocasião oportuna (Hebreus 4:14-16). A Bíblia nos diz que quando pedimos a Deus por qualquer coisa de acordo com a Sua vontade, Ele nos escuta e nos dá o que pedimos (1 João 5:14-15). Há várias outras promessas para os crentes em relação à oração também (Mateus 21:22; João 14:13; João 15:7). Então, sim, há casos quando Deus não responde às orações de um descrente. Ao mesmo tempo, por Sua graça e misericórdia, Deus pode intervir nas vidas dos descrentes em resposta a suas orações.


Voltar à página principal em português

Deus escuta/responde às orações de um pecador/descrente?