O que é a Ciência Cristã?



Pergunta: "O que é a Ciência Cristã?"

Resposta:
A Ciência Cristã foi fundada por Mary Baker Eddy (1821-1910), a iniciadora de novas ideias sobre espiritualidade e morte. Após uma experiência pessoal de cura em 1866, Eddy passou vários anos em estudo bíblico, oração e pesquisa sobre vários métodos de cura. O resultado foi um sistema de cura que ela chamou de Ciência Cristã em 1879. O seu livro, Ciência e Saúde com a Chave das Escrituras (Science and Health with Key to the Scriptures), abriu novos caminhos na compreensão da conexão entre mente-corpo-espírito. Ela também fundou uma faculdade, uma igreja, uma editora e um muito respeitado jornal diário intitulado “The Christian Science Monitor”. Devido a várias semelhanças com outros grupos, muitos acreditam que a Ciência Cristã seja uma seita não Cristã.

A Ciência Cristã ensina que Deus – Pai-Mãe de todos – é completamente bom e completamente espiritual e que toda a criação de Deus, incluindo a verdadeira natureza de toda pessoa, é a semelhança espiritual e sem defeito do Divino. Já que a criação de Deus é boa, perversidades como doenças, morte e pecado não podem fazer parte da realidade fundamental. Ao invés disso, essas perversidades são o resultado de viver longe de Deus. A oração é a forma principal para se aproximar de Deus e curar as desgraças humanas. Isso é diferente do que a Bíblia ensina sobre o homem nascendo com o pecado herdado da Queda de Adão que nos separa de Deus. Sem a graça salvadora de Deus através da morte de Jesus na cruz, nunca seríamos curados da doença principal – o pecado.

Ao invés de ensinar que Jesus cura a nossa doença espiritual (“Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados” [Isaías 53:5]), os Cientistas Cristãos enxergam o ministério de Jesus como o próprio modelo deles para a cura, acreditando que esse ministério demonstra a centralidade da cura à salvação. Os Cientistas Cristãos oram para perceberem mais da realidade de Deus e do amor de Deus diariamente e para experimentarem e ajudarem outros a experimentarem dos efeitos harmonizantes e cicatrizantes desse entendimento.

Para grande parte dos Cientistas Cristãos, a cura espiritual é uma primeira escolha efetiva e, como resultado, eles se viram ao poder da oração ao invés do tratamento médico. As autoridades governamentais têm desafiado esse método de cura, principalmente em certas circunstâncias onde acreditam que tal filosofia esteja negando tratamento médico a crianças. No entanto, não há nenhum regulamento na igreja que decrete as decisões de tratamento médico dos seus membros.

A Ciência Cristã não tem nenhum ministro. Ao invés, a Bíblia e Ciência e Saúde atuam como como pastor e pregador. As lições bíblicas são estudadas diariamente e lidas em voz alta no domingo por dois membros de cada congregação local. As igrejas também têm reuniões semanais de testemunho, nas quais os membros da congregação relatam experiências de cura e de regeneração.

Eddy tornou Boston a cidade principal da igreja em 1881. Em 1892, a igreja foi chamada de A Primeira Igreja de Cristo, Cientista ou Igreja Mãe; as igrejas locais são consideradas ramificações da igreja mãe. A diretoria da Ciência Cristã administra a Igreja Mãe e o funcionamento das igrejas locais de uma forma democrática. A Igreja Mãe e suas filiais operam sob a direção do Manual da Igreja Mãe escrita por Mary Baker Eddy.


Voltar à página principal em português

O que é a Ciência Cristã?